Balto – Uma história verídica que virou lenda!

balto-filme-desenho

Ao assistir “Balto – Sua História Tornou-se Uma Lenda”, somos apresentados inicialmente por uma cena comum de filme (atores reais), onde uma avó e sua neta procuram por um monumento memorial. A animação inicia-se quando a avó começa a contar à neta a fantástica história de um cão mestiço com lobo.

balto-filme-desenho-02Somos aqui apresentados a um conceito que infelizmente é encontrado com frequência na sociedade: a posição social ou, em outras palavras, a “raça”. Através de estereótipos muitos têm suas capacidades julgadas impiedosamente. Selvagem, feroz, incapaz, sujo… só porque é diferente da maioria.

Balto passa por isso, vivendo uma vida sem ter certeza de sua identidade. Cão doméstico, ou um lobo selvagem? Seus instintos e seus sentimentos entram em constante conflito, pois ele sequer sabe se definir.

Seu amigo ganso age aqui como sua consciência, o agente que dá ao herói juízo ou forças nos momentos certos. Um personagem cômico, reclamão, amargurado da vida, mas sem ele talvez Balto não encontrasse dentro de si a força que sempre esteve lá.

 

Indignação pela Indiferença

balto-filme-desenho-05O consagrado cão de corrida, Steele, é orgulhoso e não aceita derrotas. Torna-se principal rival de Balto, e quer mostrar que é melhor que ele à todo custo.

A pergunta é… melhor em quê? Já que ele pouco se importa com o destino das crianças que estão morrendo, e quer apenas provar ser capaz de cumprir o que lhe foi confiado.

Ao longo da vida temos que aprender que ao colocar nosso ego acima de tudo, todo o resto desmorona. Querer mostrar o que não somos revela o que há de pior em nós, e faz com que o contrário do que queremos aconteça. Sinceridade e humildade são qualidades verdadeiramente admiráveis.

Não importa o que os outros vão pensar de início. Seja você mesmo até o fim, e somente então a luz se acenderá para que todos vejam seu verdadeiro brilho. Pois isso não está fora, não está nas aparências exteriores, e sim nos pequenos detalhes feitos com o coração no dia-a-dia.

 

Balto é uma História real

balto-monumento-real-01O mais fascinante nesta história é que é baseada em fatos reais. Um monumento foi levantado no Central Park (Nova Iorque) em sua homenagem.

Foi em 1925 que ele salvou várias crianças da difteria, uma doença quase sempre mortal, em uma cidade muito isolada no Alaska-EUA. Uma das cenas que mais me chocaram nesta animação foi quando o marceneiro da vila começou a confeccionar caixões de tamanhos infantis.

Imagine a dor no coração deste homem, ao ter que martelar pregos formando caixotes para abrigar as crianças que viriam a morrer em sua própria vila? A sutil expressão que a animação coloca em sua face já nos permite ter noção. Confesso que foi uma agulhada no coração.

Pelo fato de “Balto – Sua História Tornou-se Uma Lenda” ser baseado em uma história real, fico me perguntando até que ponto a animação mostrou fatos, e onde teve os dedos dos roteiristas para romancear tudo. Ao pesquisar a história vemos que existiu sim algumas mudanças, mas isso não muda o fato de que um grupo de cães foram os salvadores daquela vila, naquele ano.

Independente do grau de fidelidade, é importante atentarmos às lições que a animação esforça-se por nos passar (é o que eu falei mais acima, em “Indignação pela Diferença”). Creio que todas as crianças precisam ter contatos com desenhos assim: que contenham uma bela moral que possa ser depois comentada em família (nada contra os outros estilos… confesso que eu gostava de ver Tom levando uns cascudos de Jerry, pobrezinho).

 

Animação e Aventura com Balto

Para quem ama animações (oi, presente!) com muitas emoções e aventura, Balto deve com certeza entrar na lista dos próximos a serem assistidos.

Acesse este link e divirta-se! Depois deixe abaixo seu comentário sobre o que achou de “Balto – Sua História Tornou-se Uma Lenda”.

balto-monumento-real-02

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre o Autor

Escritora e ilustradora autodidata, Nantai procura reavivar a centelha de magia que todos temos. Gosta de montanhas, gatos, e de escrever ao som da chuva. www.bcrausnantai.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *