Longas e Curta-metragens

A.I.C.O. Incarnation Netflix: Crítica do anime de ficção científica

A.I.C.O. Incarnation faz parte de uma nova fase na Netflix onde há um investimento em animes (assista aqui). Essas animações de origem asiática têm muitos fãs mundo afora (geralmente se denominam como otaku), e a maior rede de streams do mundo não poderia deixar de contemplar esse público também. Para isso, aliou-se ao Estúdio Bones, o mesmo que produziu obras-primas do gênero como Fullmetal Alchemist. E o resultado não poderia ser diferente: um anime bastante competente.

A história é baseada no mangá de Hiroaki Murata, publicado em 2017. A.I.C.O. Incarnation é, até o momento, um dos melhores animes disponíveis no catálogo da Netflix, apostando com força na ficção científica que anda tão em alta nos dias de hoje.

O Japão futurista de A.I.C.O. Incarnation

A trama de ficção científica é bastante potente e fala sobre uma pesquisa científica que deu errado, originando uma inteligência artificial chamada Matéria.

Só por esse pequeno trecho da trama já dá para sentir que é algo bastante curioso, não? Pois é: esse é apenas o começo.

Toda a ação se desenvolve no futuro, no Japão de 2037. A mensagem é bastante clara logo de início: estamos investindo em tecnologias que podem nos engolir, e isso não vai demorar muito pelo andar da carruagem. Por exemplo: a Matéria que norteia A.I.C.O. Incarnation se tornou violenta e anti-humanos, ou seja, voltando-se aos seus criadores.

O evento de revolta contra a raça humana passou a ser conhecido como Erupção. A história de verdade começa com Kanzaki Yuya, um rapaz determinado a descobrir o que aconteceu e por qual motivo. Para isso, vai atrás de uma garota que ele acredita saber algo sobre o grande acontecimento que quase exterminou a humanidade do planeta.

Ação do começo ao fim

Não há pausas para respirar em A.I.C.O. Incarnation. Tudo acontece muito rápido, sem as conhecidas enrolações comuns a outros animes. A ação de ponta a ponta é uma excelente estratégia para segurar o espectador na cadeira, sem dar tempo para maiores reflexões. Tudo é resolvido quase imediatamente: se um problema surge, na cena seguinte o desenrolar já começa a acontecer. Essa atitude é essencial para que o anime não se torne cansativo.

E não falta nenhum tipo de emoção. Não é ação gratuita, já que as cenas sempre levam a história para a frente. Enredo que é, aliás, muito interessante.

E o melhor de tudo: os ganchos para os próximos episódios são sensacionais, sendo mais dignos do que muita série live-action por aí. A cada final de capítulo, uma emoção diferente. A.I.C.O. Incarnation Netflix tem potencial para viciar.

A ficção científica está sempre presente, em cada um dos episódios de A.I.C.O. Incarnation. Ao mostrar como a tecnologia pode se descontrolar quando não é usada com ética, podemos perceber o perigo que nos ronda atualmente. Evidentemente, muitas dos equipamentos e situações mostrados ao longo do anime não fazem parte da nossa realidade. O assustador é que podem vir a fazer, e não vai demorar.

Portanto, A.I.C.O. Incarnation serve muito bem como uma excelente série, com um ritmo frenético mas bastante adequado e uma história poderosa.

Da mesma forma, serve como alerta: é bom ficarmos de olhos bem abertos, para que não sejamos sugados pelas nossas próprias criações.

Gosta de anime de ficção científica e fantasia? Recomendamos Sirius The JaegerLast Hope, Big Fish e Begônia e O Príncipe Dragão (este último é de produção americana, mas certamente agradará aos fãs de anime por ser muito bem feita).

Versão deste post em video:

Trailer e informações do anime Netflix A.I.C.O. Incarnation

Sinopse 1: Em 2035, organismos artificiais criados por acidente ameaçam a humanidade, e um grupo de cientistas tenta salvar a Terra.

Sinopse 2: Tudo o que Aiko conhecia era mentira. Agora, ela está se juntando a um time de infiltradores para chegar ao lugar onde a erupção começou, e salvar sua família.

Idioma: dublado (com opção de áudio original em japonês, e legendas em português);

Total de episódios (na data deste post): 1 temporada com 12 episódios de aproximadamente 24 minutos cada;

Classificação etária: 14 anos;

Ano de lançamento: 2018;

Gênero: Anime, ficção científica, Ação;

Compartilhe
Convidado

Este é um artigo enviado por um convidado do site.

Publicado Por