Andar Montar Rodeio – A Virada de Amberley Netflix: Filme escorrega no melodrama

andar montar rodeio a virada de amberley netflix walk ride rodeo filme superacao paralitica cavalo

Andar Montar Rodeio – A Virada de Amberley (Walk Ride Rodeo) é o novo filme original da Netflix a estrear no catálogo. Considerando ser essa uma história real que ganha uma adaptação pela produtora, sempre podemos esperar por um produto bem acabado, certo? Pois bem, quase sempre é assim. Na última semana, tivemos a estreia de O Menino Que Descobriu o Vento, outra história da vida real que ganhou adaptação pela Netflix. Foi um sucesso enorme: o filme é sensível e bem realizado. Infelizmente, não dá para dizer o mesmo aqui.

andar montar rodeio a virada de amberley netflix walk ride rodeo filme superacao paralitica cavalo 1

Em primeiro lugar, é preciso dizer que, da minha parte, há um pouco de ojeriza a tudo relacionado a rodeios. Particularmente sou contra esse “esporte” que maltrata animais para levar uma espécie de diversão ao público. Dito isso, ao analisar o filme Netflix Andar Montar Rodeio – A Virada de Amberley, procurei me distanciar dessa questão e olhar o filme de forma objetiva. Ou seja: com atenção à história que está sendo contada, e não seu pano de fundo – no caso, o rodeio.

A conclusão a que cheguei foi esta: o filme tinha grande potencial para ser um bom drama de superação. No entanto, escorrega feio no melodrama, o que afeta o resultado final (assista aqui).

andar montar rodeio a virada de amberley netflix walk ride rodeo filme superacao paralitica cavalo 2

Andar Montar Rodeio – A Virada de Amberley: uma história real

Andar Montar Rodeio – A Virada de Amberley conta a história de Amberley Snyder, uma garota apaixonada por rodeios. Inclusive, aos 19 anos de idade ela já treina para as competições realizadas nos Estados Unidos. É visível que ela tem um enorme talento para isso, além de ser genuinamente apaixonada por seu cavalo – e os animais em geral. Ela recebe o apoio de sua mãe, e mesmo com tudo contra – afinal, o esporte é dominado por homens – ela resolve se aventurar. Seus treinos são cada vez mais pesados, mas ela não se importa. Amberley realmente gosta do que faz.

andar montar rodeio a virada de amberley netflix walk ride rodeo filme superacao paralitica cavalo 3Entretanto, um acidente de carro pode lhe tirar todos os sonhos. O diagnóstico, no hospital, é desanimador: ela se tornou paralítica. Ao mesmo tempo em que tenta lutar contra o desânimo e a depressão, Amberley é encorajada por sua mãe a não desistir de seus sonhos. Por conta disso, mesmo com tudo contra, ela resolve manter seus treinos – com as devidas adaptações para sua situação. A partir daí, acompanhamos sua história de superação para alcançar o seu tão desejado sonho de participar das competições dos rodeios americanos.

O filme, dirigido por Conor Allyn, teria um belo potencial em mãos mais experientes. Todos gostam de filmes com histórias reais, principalmente aquelas que mostram uma superação praticamente heroica. Seria o caso em Andar Montar Rodeio – A Virada de Amberley, não fosse o jeitão de telefilme. O longa peca justamente nas suas escolhas narrativas, que em nada se diferem daqueles filmes que passam no Supercine à noite que praticamente ninguém conhece. São enquadramentos convencionais, o uso um tanto quanto brega da câmera lenta, enfim: a história perde ao ser contada de uma maneira tão superficial.

andar montar rodeio a virada de amberley netflix walk ride rodeo filme superacao paralitica cavalo 4

Atuações um tanto quanto canastronas

Talvez por erro na direção, Andar Montar Rodeio – A Virada de Amberley é um filme de canastrões. Spencer Locke interpreta a personagem principal no piloto automático. Em alguns momentos ela consegue passar, de forma genuína, a dor e a angústia de Amberley. Entretanto, na maioria das cenas, ela soa deslocada, como se sua atuação estivesse um tom acima do ideal. Por outro lado, temos Alyvia Alyn Lind, que interpreta Autumn Snyder – a mãe de Amberley. Aqui, o erro é maior: a atriz está vários tons acima do que deveria para o papel. Dar vida à mãe que sofre ao ver a filha na situação em que se encontra exige um bom equilíbrio entre o drama rasgado e os momentos mais contidos. Lind ignora isso e parece ter ligado a chave no modo máximo de atuação dramática.

andar montar rodeio a virada de amberley netflix walk ride rodeo filme superacao paralitica cavalo 5No fim das contas, o filme Netflix Andar Montar Rodeio – A Virada de Amberley mostra-se problemático em sua estrutura. O roteiro é clichê e nós sabemos exatamente onde essa história vai terminar. Junto às atuações e a direção fraca, o filme é, praticamente, um desperdício de uma boa narrativa.

Um caso real como esse poderia render um longa excelente, pena que isso não acontece aqui. Entretanto, com certeza irá agradar aos amantes desse esporte, ao mesmo tempo em que também fará a cabeça de quem gosta de um drama exagerado.

Você também poderá se interessar por After Life Vocês Vão Ter De Me Engolir, A Ordem, Família ao Resgate, Zoe e Raven, Juanita, Seu Filho, Love, Death and Robots, Durante a Tormenta e Megarrromântico.

Conheça o conceito da Suspensão de Descrença, e entenda o que faz você mergulhar de verdade numa história fictícia!

Trailer e informações do filme Netflix Andar Montar Rodeio – A Virada de Amberley

Sinopse Netflix: Depois de um acidente que a deixou paralisada, uma campeã de rodeio promete voltar a montar e a competir. Baseado em fatos reais.

Duração: 1h39min;

Classificação etária: 12 anos;

Ano de lançamento: 2019;

Gênero: Drama;

Andar Montar Rodeio - A Virada de Amberley Netflix: Filme escorrega no melodrama
Andar Montar Rodeio - A Virada de Amberley, apesar de ser um filme baseado em uma história real, acaba escorregando demais no melodrama. Entenda melhor.
Editor's Rating:
3.5

Programação e Trailers dos Lançamentos Originais da Netflix dessa Semana

Mais Artigos

Sobre o Autor

Nasceu no interior de São Paulo em 1986 e escreve sobre cinema em blogs desde 2004. Curte drama, comédia e ficção científica, mas ama mesmo O Poderoso Chefão. Tem interesse no mundo geek, em música brasileira e pode ser facilmente confundido com o Chico Bento pelas ruas da capital paulista.

2 thoughts on “Andar Montar Rodeio – A Virada de Amberley Netflix: Filme escorrega no melodrama

  1. Que comentário ridículo,o filme é sensacional! O autor deste artigo tem total desconhecimento do esporte e deixou claro isso! O preconceito com o rodeio falou mais alto que sua crítica rasa.

  2. Entendo sua visão crítica ao filme, todavia, como uma telespectadora e amante de filmes eu tive uma visão totalmente contrária. Embora de fato o filme nos leve a um final previsível, ele nos embala junto ao drama, envolve a quem assiste. Todos que conheço realmente se tocaram com o filme, ademais, a interpretação das atrizes levaram todos às lágrimas. Creio que infelizmente, sua repugna pelo rodeio abalou fortemente sua crítica, enquanto que o filme mostra o inverso do que é colocado na introdução do presente artigo, a maior parte do filme demonstra o cuidado com os animais, tanto na alimentação, escovações e hospedaria dos mesmos. Concordo que de fato o rodeio em si (montaria em bois) em alguns casos seja abusivo o uso do animal, mas no caso retratado no filme, bem como no esporte demonstrado não é essa a prática. Enfim, eu super recomendo o filme, tanto pela sua narrativa, quanto pela mensagem de superação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.