Longas e Curta-metragens

Cam Netflix: Resenha do filme sobre exposição virtual

Existe um mundo paralelo na internet que o filme Netflix Cam foi capaz de desvendar (assista aqui). Muitos adolescentes e adultos conhecem bem do que estamos falando: os sites onde homens e mulheres fazem strip-tease por alguns trocados. E como bem sabemos, “alguns trocados”, quando se tem uma enorme audiência, pode se tornar um bom dinheiro.

O filme é bastante inventivo em usar esse pano de fundo para ambientar uma história de suspense, até mesmo um pouco sobrenatural. Além disso, mostra como funciona a vida dessas pessoas que se exibem em troca de dinheiro – e sem precisar sair de casa.

Acompanhamos aqui a vida de Alice, uma garota bonita que usa seu quarto como estúdio para suas transmissões ao vivo em uma plataforma de webcams. É a partir dessas exibições que ela ganha seu dinheiro: centenas de pessoas pagam uma quantia para vê-la seminua, dançando e de certa forma atiçando o desejo de quem assiste.

Entretanto, enquanto está na frente da sua câmera, ela é intocável e pode fazer o que quiser sem ser incomodada. Um dia, sua conta nesta plataforma é roubada, e uma sósia entra em seu lugar, ultrapassando todos os limites de conduta que ela mesma se colocou. Então, entramos junto com Alice na investigação para saber o que está acontecendo.

Uma outra realidade

Cam mostra essa outra realidade onde muitas pessoas realizam seus desejos sexuais, enquanto outras ganham muito dinheiro com essas atitudes. O “mundo encantado” das webcams não é novo, pelo contrário: está aí desde quando as salas de bate-papo ainda eram o principal meio de comunicação pela internet. O filme usa isso de forma hábil, mostrando os bastidores de uma pessoa que usa essa exposição para faturar alto. Existem sites especializado nisso, e há toda uma preparação para conseguir o número máximo de assinantes dispostos a pagar as tais “gorjetas”.

O drama de Alice, porém, injeta suspense e drama nessa história. Ela, que é uma garota bem sucedida nesse negócio, não consegue chegar ao topo dos principais assinantes da plataforma que usa para suas transmissões, e isso a frustra. Bem quando está quase conseguindo, seus seguidores são roubados e uma espécie de clone entra em seu lugar. Alice sempre teve limites para suas exibições, evitando ser explícita – justamente o contrário do que faz a pessoa que está em seu lugar. E o pior: a sósia está disposta a destruir a vida da Alice original, revelando seu segredo para a sua família.

A aposta neste suspense funciona e, apesar de ter uma hora e meia de duração, o filme Netflix Cam consegue entreter e capturar nossa atenção. Muito disso está na força da atuação de Madeline Brewer. A atriz, um dos destaques da aclamada “The Handsmaid’s Tale”, está soberba como Alice, que é uma garota normal durante o dia, mas que se torna uma provocativa mulher quando está em frente à sua câmera.

Uma aposta certeira

O filme, que é dirigido por Daniel Goldhaber e Isa Mazzei, acerta em cheio na sua fotografia, com o uso de cores que causam uma sensação de sensualidade no ar – ao mesmo tempo, também incomodam. Cam é um filme bem estruturado a ponto de manter o mistério até o fim, e mesmo que muitas pessoas possam dizer que o final é decepcionante, ainda assim se firma como um bom exemplar de thriller psicológico, um gênero que faz bastante falta nas opções cinematográficas atuais.

Por fim, Cam é um ótimo filme, pois traz seu lado sensual e provocativo, ao mesmo tempo em que entrega um mistério envolvente e intrigante ao espectador – inclusive, trazendo reflexões sobre a exposição online. Poucos filmes na atualidade conseguem tamanho feito, e se não houvesse outras qualidades, isso já seria suficiente para assisti-lo.

Outros filmes que também podem lhe interessar são O Autor e Realityhigh, ou também as séries #nãomejulgue e Garota de Fora.

Livros que podem lhe interessar

A adolescência é uma fase complicada, não somente porque estamos naquele maldito meio-termo entre “não ser criança” e “não ser adulto”, como também pelas mudanças que nós e nossos amigos passam em uma sucessividade louca de fatos e hormônios.

Dito isso, sabemos que livros com personagens adolescentes contém, quase sempre, um ingrediente extra: a imprevisibilidade das emoções à flor da pele.

Fique abaixo com algumas de nossas sugestões para que você possa se deliciar com a leitura, navegando pela mente de adolescentes que acabam entrando em algum tipo de apuro:

 

Trailer e informações do filme Netflix Cam

Sinopse 1: Com a vida virtual roubada e a vida real desmoronando, a única saída é fazer sua imitadora provar do próprio remédio.

Sinopse 2: Uma cam girl com a popularidade em alta tem sua conta roubada por uma sósia e precisa identificar a farsante para rever sua identidade.

Ano de lançamento: 2018;

Gênero: Suspense, Drama, Terror psicológico;

Compartilhe
Convidado

Este é um artigo enviado por um convidado do site.

Publicado Por