Cartas de Dunblane Netflix: sua escola, seu massacre, nossas lições – Crítica

cartas de dunblane netflix sua escola massacre nossas licoes capa

O drama visto em Cartas de Dunblane: Sua escola, seu massacre, nossas lições é dolorosamente real. Por mais que seja um documentário curto (possui apenas 22 minutos, e você pode assistir aqui) mostra como uma tragédia pode dilacerar a alma até de pessoas que são treinadas para confortar a dor alheia.

cartas de dunblane netflix sua escola massacre nossas licoes 02O caso dos padres que trocam correspondência para falar sobre as tragédias em suas paróquias tem o poder de emocionar até mesmo a mais fria alma. Ninguém pode resistir a tamanha injustiça – tanto com as vítimas, quanto com os homens que, tentando manter o norte em meio ao desespero, também mostram se quebrar por dentro.

Existem diversos filmes por aí que falam sobre tragédias nos Estados Unidos, vítimas de tiroteios ou pessoas perturbadas que entram em locais apenas para atirar à esmo. Nós, aqui no Brasil, acompanhamos isso o tempo inteiro na TV. Todo ano há um novo evento desse tipo, e acompanhamos somente as notícias que nos chegam, frias, objetivas. Mal pensamos nas pessoas que sofrem por conta da morte insensata de seus parentes e amigos.

Este documentário nos ajuda a refletir sobre a violência e a dor.

O encontro de almas quebradas

Presenciamos, na curta obra Cartas de Dunblane, o sofrimento do padre Bob Weiss. Pároco de Newtown, Connecticut, Weiss passou pela devastação de um tiroteio que matou diversas crianças na cidade. Sabendo do acontecido e demonstrando solidariedade, outro padre, chamado Basil O’Sullivan, passa a se corresponder com ele para passar palavras de conforto e fé.

Esses dois homens tiveram suas almas quebradas por um crime sem sentido, onde pessoas morreram a troco de nada e eles nada puderam fazer. As dúvidas a respeito do sentido da fé permeiam os pensamentos dos dois velhos homens, que encontram o conforto nessa troca de correspondência.

cartas de dunblane netflix sua escola massacre nossas licoes 01O’Sullivan é residente da cidade de Dunblane, na Escócia, que passou por um trauma igual ao de Weiss. As cartas que trocaram ao longo dos anos é que são destaque nesse documentário, que mostra a relação desses dois homens em busca de respostas.

O encontro dos dois, inevitável, é permeado de emoção. Ainda mais por sabermos todo o background de sentimentos envolvidos.

A dor dos dois padres é compartilhada na tela, mesmo com pouco tempo para mostrar os desdobramentos emocionais das missivas trocadas entre eles. Porém, a diretora Kim A. Snyder, experiente diretora de documentários que já havia sido responsável por “Newtown” (que fala sobre o massacre nessa cidade), sabe bem aproveitar o tempo curto. O original Netflix Cartas de Dunblane é muito comovente e melancólico, mas traz em si uma centelha de esperança.

A luz em meio ao sofrimento

O padre Weiss, incapaz de falar sobre a tragédia, afirma estar cansado fisicamente e espiritualmente. O cerne desse pequeno documentário é este: mostrar a devastação que uma matança desmedida causa não só nos homens de fé, mas em uma comunidade inteira.

De certa forma, os respectivos padres acabam sendo o espelho da sociedade onde vivem: procurando a luz em meio ao sofrimento que parece nunca ter fim.

cartas de dunblane netflix sua escola massacre nossas licoes 03Se você, leitor, se programar para assistir Cartas de Dunblane: Sua escola, seu massacre, nossas lições, prepare seu lenço. Esse documentário vai te deixar indignado, ao mesmo tempo que vai partir sua alma em duas, ao mostrar esses velhos homens de Deus se curvando ao peso de uma existência que parecem não mais entender.

Recomendamos também os documentários City of JoyA Partida FinalNosso Reino.

Trailer e informações do documentário Netflix Cartas de Dunblane: Sua escola, seu massacre, nossas lições

Sinopse 1: Inconformados com atos incompreensíveis de violência, dois padres formam um vínculo com base na compaixão e na dor.

Sinopse 2: Duas tragédias semelhantes em épocas e países diferentes. E uma amizade que surge entre dois padres para conseguir lidar com a dor.

Ano de lançamento: 2018;

Gênero: Documentário sobre crime;

Cartas de Dunblane Netflix: sua escola, seu massacre, nossas lições - Crítica

Duas cidades, dois padres, muitas mortes, e um único sentimento: indignação. Cartas de Dunblane é um documentário para nos fazer refletir e nos emocionar.

Editor's Rating:
5

Mais Artigos

Sobre o Autor

Blog voltado a análises, e interpretações de filmes/séries, artigos variados sobre cursos, tutoriais, curiosidades e afins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.