Cartuchos de Atari desenterrados: A lenda urbana

Nestes ultimos dias muito tem se falado sobre a escavação que encontrou cartuchos de Atari. Milhares e milhares deles, enterrados como se fosse um tesouro misterioso. Sem mapa, e sem um X marcando o local – isso porque não sabiam que a coisa se valorizaria tanto com o tempo.

Anuncio:

Como Desenhar Melhor.

 

A história

e.t.-filmePara quem não sabe, aconteceu o seguinte: em 1982, ano de lançamento do filme “E.T. – O extraterrestre”, de Steven Spielberg, a Atari resolveu fazer um jogo com o mesmo título, e eles fizeram de tudo para que fosse lançado no Natal do mesmo ano do filme. Ou seja: correria total! No fim das contas a equipe teve pouco mais de um mês apenas (mais precisamente, cinco semanas) para ter a coisa toda pronta. E isso incluindo sons, gráficos, jogabilidade, testes, e tudo o que você imaginar.

Bem, o resultado não foi dos melhores. E.T foi considerado o pior jogo de todos os tempos. Uma das maiores reclamações era a falta de enredo e o excesso de erros que o jogo apresentava (esse é um exemplo daquela máxima: “a pressa é inimiga da perfeição”).

Veja abaixo um pouco deste jogo:

Anuncio:

Desbloquei sua Escrita Criativa.

 

Para a época, o gráfico era aceitável (quem tem mais de 25 anos sabe que é verdade). Mas uma das coisas incômodas era que o jogo, de certa forma, não tinha um fim exato. Como foi falado no video acima, a ideia consiste em controlar o E.T., que é largado por sua nave no meio da floresta, e a partir daquilo ele precisa recuperar três partes de um telefone para poder voltar para casa. Estas partes de telefone ficavam no fundo de buracos. A energia do personagem caía facilmente, e para “recuperar HP” precisávamos pegar uns docinhos que ficam espalhados pelo chão (trata-se dos pontinhos verdes que você viu no vídeo).

Tela de início de E.T. para Atari 2600
Tela de início de E.T. para Atari 2600

No final, basta voltar para a floresta e chamar a nave com o seu telefone consertado. Mas então a coisa meio que começa novamente, numa especie de looping infinito.

O que surpreende é que o jogo chegou a ter 1,5 milhões de cópias vendidas, o que, para a época, é bastante coisa. Mas estes milhões não superaram nem de longe as expectativas (nada modestas) da Atari, pois para repor o que foi gasto com direitos autorais e desenvolvimento eles precisariam ter vendido três vezes mais.

 

A lenda Urbana

atari-et-desenterradoApós este fracasso de vendas, um rumor foi se espalhando: milhares e milhares de fitas do jogo E.T. simplesmente desapareceram. A lenda era de que todas teriam sido enterradas, mas ninguém nunca tinha confirmado o fato.

Anuncio:

O Segredo da Criação de personagens.

Até agora.

Recentemente a Microsoft patrocinou uma escavação no estado do Novo México, nos Estados Unidos. O interessante é que esta escavação foi feita para a gravação de um documentário que está sendo desenvolvido sobre este mesmo assunto: o misterioso sumiço dos videogames.

Nesta escavação eles encontraram não somente cartuchos de E.T., mas também de Pac-Man, ambos para Atari 2600.

Dê uma olhada no vídeo abaixo (até dói o coração ao ver essas fitas enterradas… sério, não importa que o jogo seja ruim, rs):

 

Anuncio:

Autoconhecimento com Tarot.

Depois dessa repercussão toda, incontáveis gamers estão aguardando ansiosos pela estréia do documentário (ainda sem data definida). Para quem quiser ver mais informações sobre a escavação, recomendo a reportagem do G1: Escavação encontra cartuchos do game ‘E.T.’, do Atari, enterrados.

Particularmente, acho que agora estes cartuchos valem muito. Se alguém souber mais detalhes interessantes, deixem no comentários!

Mais Artigos

Livros Ultra Recomendados

Produtos Imperdiveis

Anuncio:

Quer saber o porque a Mesa digitalizadora HS610 que custa menos de R$300,00 acaba sendo melhor de modelos cima de R$ 1000? Se sim você PRECISA ver esse video.

Sobre o Autor

Escritora, ilustradora e taróloga autodidata, Nantai procura reavivar a centelha de magia que todos temos. Gosta de montanhas, gatos, e de escrever ao som da chuva. www.bcrausnantai.com

One thought on “Cartuchos de Atari desenterrados: A lenda urbana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.