Champions Netflix: Primeira Impressão da série

serie champions netflix capa

Está pensando em assistir Champions Netflix? Confira algumas de nossas primeiras impressões da série!

Antes de continuar, dê uma olhada aqui. COM CERTEZA algo vai chamar sua atenção 😍

Sinopse 1 – Ele tem tudo: seu próprio negócio, um irmão camarada… e um filho com uma quedinha para o estrelato.

Sinopse 2 – Anos depois de engravidar a namorada, o ex-craque de beisebol Vince tem uma surpresa: o excêntrico filho, Michael. Agora, ele terá que aprender a ser pai.

serie-primeira-impressao

 

Quantos episódios assisti de Champions Netflix: os 2 primeiros.

 

serie-champions-original-netflix-matthew-vince-irmaosO episódio piloto da série original Netflix, Champions, é uma loucura! Minha nossa.

Calma, explico: nessa introdução, tudo acontece de uma vez, num bombardeio de informações anexas a várias piadas (já que é uma comédia). Como se você fosse jogado num terreno desconhecido, e uma porção de estranhos gritassem ao mesmo tempo… Pegou a ideia? É mais ou menos como me senti neste episódio piloto da série Champions.

As cenas já “chegam chegando”, sem que você tenha o tempo necessário para se ambientar.

Logo de cara, um homem acusa o protagonista (Vince) de ter ficado com a esposa dele (o que acaba se provando verdade). Existe nessa parte todo um diálogo aparentemente desnecessário (porque a questão aqui não é a traição, então fiquei “ok, e daí?”), mas depois notei que eles inseriram aquela cena para condensar várias informações para o público.

Essas informações a princípio parecem não ser grande coisa, mas nos colocam a par do drama do protagonista, sobre ele sentir-se um fracassado e escapar das responsabilidades. Nada está ali por acaso – nem o irmão de Vince, que se mostra apaixonado pelo que faz, e braço direito do protagonista. É uma forma rápida de contar um pouco sobre o personagem, e de quebra apresentar o ambiente de humor que estamos prestes a embarcar.

Apesar da chuva de informações, este episódio piloto consegue puxar nossa atenção, mesmo com a introdução de vários personagens diferentes (e tudo isso, sem nos dar tempo de processar).

serie-champions-original-netflix-michael-2
Cena em que Michael é introduzido ao público

Até uns momentos antes do aparecimento de Michael (o filho adolescente de Vince) eu não estava dando muito crédito para esse original Netflix. Somente depois que o garoto chega é que a promessa da série é feita para nós, espectadores: a dúvida sobre o que o pai vai fazer com um filho que acabou de conhecer, e como ele vai lidar com essa responsabilidade no meio de outro problema que ele tinha acabado de gerar: o fato de estar vendendo a academia do falecido pai, sendo que o irmão tinha aquilo como um sonho realizado.

serie-champions-original-netflix-michaelNo fim das contas, a combinação é interessante: um pai irresponsável e mulherengo… E um filho excessivamente mimado e homossexual (e, como se trata de uma série de comédia, é claro que eles resolveram estereotipar o garoto, colocando nele todos os trejeitos possíveis). Apesar dos estereótipos, uma das cenas finais do episódio piloto foi realmente muito bonita (a audiência), e foi exatamente isso que fez eu sentir que vale a pena seguir em frente.

É que a aceitação (cruzamento do limiar, do protagonista) vem depois disso, e é quando passamos a compreender a proposta da série: essa relação pai/filho e possível evolução em conjunto.

 

serie-champions-original-netflix-michael-audicao
Audiência de Michael, interpretando muito bem a música “We Are The Champions” (Freddie Mercury), que gerou uma piada que (para mim) não colou

 

Outras informações de Champions Netflix:

Ofertas Relampago Shopee

Assista na Netflix: acesse neste link.

Total de episódios (na data deste post): 1 temporada com 10 episódios de 22 minutos cada.

O que MAIS gostei nesse início: Quando o pai e o filho conseguiram, finalmente, criar algum tipo de conexão (no final do episódio piloto). É este tipo de interação que faz com que eu queira continuar a assistir mais e mais. Em outras palavras, as “partes sérias” que lidam com os sentimentos (porque a parte do humor não me fez rir a ponto de querer mais).

O que MENOS gostei neste início: Me incomodou um pouco o excesso de estereótipos (um gay afeminado, uma lésbica machinha, um rapaz sarado e burrinho, uma gata fútil…). São apelos exagerados para criar cenas que tentam ser engraçadas. Alguns diriam que isso é normal, pois o humor estrangeiro é diferente do humor brasileiro… Mas discordo. Existe uma vasta gama de filmes e séries humorísticos que conseguem ser hilários sem a necessidade de exageros.

O rumo que imagino que a série terá: Fico imaginando que esse pai não vai conseguir fazer a tal viagem (cof, FUGA, cof, cof, cof) que tanto queria, e de quebra vai precisar aprender a lidar com as responsabilidades ao longo do tempo. Tanto do filho quanto os negócios da família. Também imagino (e espero) que o garoto aprenda a ser menos mimado com o tempo, e que compreenda que ele não é o centro do universo. Já sobre o irmão de Vince (tio do garoto), ele é basicamente o elemento de alívio, ali, por ser compreensivo, amigão, sonhador, realizado, e estar pronto para ajudar… Talvez ele venha a fazer o papel de catalisador em alguns momentos. Sei lá… Me diga nos comentários se acertei alguma coisa (risos).

Classificação etária e público: 14 anos.

Gênero: Comédia

 

serie-champions-original-netflix-michael-2

serie-champions-original-netflix-cena-piloto

serie-champions-original-netflix-matthew-michael

personagens-serie-champions-vince-anders-holm-original-netflix
Anders Holm, como Vince (protagonista)

 

personagens-serie-champions-matthew-andy-favreau-original-netflix
Andy Favreau, como Matthew (irmão de Vince)

 

personagens-serie-champions-Michael-J-J-Totah-original-netflix
J. J. Totah, como Michael (filho de Vince)

 

 

Veja abaixo o trailer da série (original em inglês, mas dá para ativar legendas):

Chegou a assistir a série até o final? Fique a vontade para compartilhar conosco o que achou do original Netflix: Champions.

Mais Artigos

3 thoughts on “Champions Netflix: Primeira Impressão da série

  1. Terminei a série hoje e gostei muito. Deu pra dar algumas risadas e o pai e o irmão são bons . O filho é bem estereotipado mas gostei do ator e torço pra ter uma segunda temporada pra ver como vai fluir essas novas relações.

    1. Ainda não assisti até o fim, mas farei uma pergunta sem ter medo de spoilers: as questões que eu coloquei no post foram resolvidas, ou ficaram coisas em aberto?

  2. Essa série é bem previsível, ne? Kkkkkk eu gostei, mas acho que eles botam coisas demais pra pouco tempo, e ainda tem a questão de sempre envolver o humor, é sempre muito, várias histórias pra resolver de uma vez. E respondendo as perguntas:
    Sim
    Sim
    sim
    Sim (mas essa questão é muito suave, pq ele ser mimado acaba sendo motivo pra muita coisa acontecer)
    Sim
    Sim

    Essa série é bem forçada também, mas o episódio sobre xenofobia é bem interessante, foi uma lição pra homens brancos que falam as coisas e acham que ta tudo bem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.