Esses tais jogos de meninas

Já há um tempo venho notado o sucesso que alguns “jogos de meninas” andam fazendo. Antes de continuar devo dizer: sou daquelas que gosta de jogos de ação e aventura, principalmente se for algum RPG, pois amo mergulhar na história dos personagem. Por causa disso nunca tive a oportunidade de testar tais jogos de meninas. Ok, devo confessar que também nunca tive tanto interesse. Mas uma hora ou outra a curiosidade sempre vem, então decidi dar uma fuçada.

 

Primeiras impressões

 

Posso estar enganada, mas a primeira impressão que tive foi a de que a maioria esmagadora destes jogos são para meninas de até uns 14 anos. A verdade é que achei-os um pouco, hum… bobinhos (não joguem pedras, calma… leve em consideração que sou casada, tenho 26 anos e não tenho filhos, então isso influencia minha opinião de reles mortal).

 

O que gostei

 

mega_make_overO primeiro que fui testar é um daqueles jogos de vestir (mais precisamente, este aqui). Confesso que neste momento fui fisgada. Quando criança tive bonecas com várias roupinhas para troca, e este jogo remete muito a isso. Mas o que mais acho legal é o fato de escolher detalhes como: tipo de cabelo, cor e estilo da roupa, comprimento da saia, desenho do olho, boca, etc. Acho que eu seria capaz de passar horas montando combinações diferentes só para ver o efeito final (inclusive, gosto bastante de ficar montando conhecidos no “mii” do Wii). Para os meninos que estão lendo e não compreendem este gosto, é como se tivéssemos um enorme guarda roupas e pudéssemos vesti-las todas, sentindo-nos a própria Gisele Bündchen diante do espelho (tive que olhar no tio Google pra saber como se escreve este sobrenome).

 

O que não gostei

 

Testei também uns jogos de culinária, e um deles foi o “Cooking Mama”, para Nintendo DS. Testei outros jogos de culinária também, mas este é o “melhorzinho” dentre eles. Porém, no fim das contas minha opinião sobre este tipo de jogo (os de culinária) é o mesmo: péssimos para quem já tem que cozinhar no dia a dia. Vejam bem: para quem já tem que cozinhar. Talvez as crianças que ainda não tenham isso como uma obrigação achem a coisa interessante (e aí incluo os meninos mais novos também). Mas no meu caso, não tive paciência nem para chegar ao final de uma receita. Para quem não conhece o Cooking Mama, eis um vídeo demonstrativo:

 

 

Uma observação extra é que este Cooking Mama é bem mais realístico do que qualquer jogo de culinária que eu já tenha visto (e testei vários para fazer este post), pois neste para DS você tem que ser rápido e preciso, senão queima ou estraga a comida!

jogo_beijoFui dando uma fuçada em outros jogos (da Barbie, Polly, Hello Kitty, e outras coisas rosadas, floridas e cheias de brilho), e não me senti encantada por nenhum deles, o que, creio, teria acontecido com uma menina de uns 5 anos (se eu tivesse essa idade nessa era de Internet estaria no céu).

Muitos dos jogos de make-up (jogos de vestir) tinham foco no objetivo de “ficar linda pra fisgar o gato da festa”, e eu acho isso meio… forçado (mas talvez bem realístico, visto que é o que acontece mesmo). Isso sem falar que, no caso deste jogo (link) o garoto dá uma espécie de nota para a combinação de roupas dela… Pelo que sei, eles geralmente não reparam se ela combinou certo o casaquinho e o vestido, ou se misturou joias prateadas com as de ouro (ao menos a maioria demonstra nem entender disso). Mas talvez este jogo sirva para alimentar a fantasia do “homem perfeito” para as adolescentes que estão suspirando pelos cantos.

Um ultimo exemplo que darei são os jogos de “cuidar”. Eu poderia citar Tamagotchi aqui, mas acho que este merece um futuro post só para ele (mesmo porque Tamagotchi não é só para meninas). Então vou aproveitar o embalo da “Mama” e mostrar este video:

 

 

Neste trailer o público alvo fica bem evidente, assim como eu comentei acima – as meninas pequenas. Imagino que elas devem ver isso com brilho nos olhos. Eu mesma, se tivesse duas décadas a menos, iria infernizar minha mãe para comprar um exemplar de Babysitting Mama.

 

Ou seja

 

A conclusão é bem simples: jogos de meninas não são para todas as meninas. Mas é como eu disse: minha opinião é influenciada pela minha idade, estado civil (muito bem casada, obrigada, rs), etc. Acredito que estes jogos são a versão eletrônica do ato de brincar de casinha – e acho isso bem interessante -, então é válido e perfeitamente compreensível o sucesso que fazem. Devo dizer inclusive que é muito bom ver que as meninas também são um público alvo para videogames hoje em dia. Está certo que tem muitos por aí que acham que elas gostam SÓ disso (o que é mentira, e da grossa), mas mesmo assim acho um ato de reconhecimento super legal a existência de tais jogos.

Bom, todo esse papo de Cooking Mama e tudo o mais me deu fome.

Mais Artigos

Sobre o Autor

Escritora, redatora e ilustradora autodidata, Nantai procura reavivar a centelha de magia que todos temos. Gosta de montanhas, gatos, e de escrever ao som da chuva. Gosta de falar sobre fantasia e ficção científica, e colabora neste blog com um pouquinho de tudo. www.bcrausnantai.com

3 thoughts on “Esses tais jogos de meninas

    1. Conheci este jogo ha um tempo atrás através de uma propaganda veiculada pelo Google. Cliquei porque achei os garotos muito fofos (*-*), mas acabei não tendo muita paciência para joga-lo. Você poderia falar um pouco sobre ele? É legal ver opiniões de quem já jogou =)

      1. O Amor doce é um dating game, um jogo onde você é um garoto ou uma garota (a depender do público a que se destina) e tenta paquerar alguém, no nosso caso, um personagem virtual.

        Estes tipos de jogos são muito apreciados no Japão. Amor Doce é um browser game gratuito com uma qualidade e beleza gráfica bem legais.

        Ah o grande problema é: tem que ter paciencia mesmo pra juntar pontos logando todos os dias, ou vc tem a opção de comprar pontos, é um jogo legal. Você ganha roupas e acessorios, e ainda pode relembrar daquelas bonequinhas (*—-*) que a gente trocava as roupinhas de papel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.