Esticando a Festa Netflix: vale a pena assistir? (2021)

O filme Netflix Esticando a Festa é um dos principais lançamentos do início de setembro/2021 na plataforma (assista aqui).

É uma comédia que trata de uma questão que tantos outros filmes já mostraram: o que aconteceria se a gente recebesse uma segunda chance de consertar nossos erros?

O filme Netflix Esticando a Festa é baseado em um popular livro escrito por Marlene Perez (veja aqui livros da autora). Quer dizer, o livro é popular nos Estados Unidos, já que aqui não fez tanto barulho quanto lá.

De qualquer forma, é uma história teen que aborda essa temática tão profunda, mas com uma roupagem mais leve.

Do que se trata o filme Netflix Esticando a Festa

No filme Esticando a Festa, conhecemos a protagonista Cassie, interpretada por Victoria Justice. Ela é uma jovem que vive de festa em festa, pensando apenas em curtir a vida e deixando as responsabilidades, inclusive as afetivas, de lado em nome da diversão.

Cassie vive conectada com suas amigas pensando apenas onde vai passar a próxima noite, até que um incidente acontece e muda toda a sua vida.

Em uma dessas idas e vindas, Cassie acaba morrendo, e bem na semana de seu aniversário. O que deveria ser uma tragédia – principalmente para ela, que só conseguia pensar que ia perder a festa seguinte – acaba se tornando uma surpresa: ela recebe uma segunda chance de reparar sua vida e corrigir os erros que cometeu ao longo de sua curta jornada na Terra.

Para isso, Cassie precisa se reconectar com seus entes queridos, relações essas que foram desgastadas por conta de sua atitude inconsequente ao enfrentar a vida.

Essa chance também servirá para provar que ela é digna de entrar na “área VIP” do céu, na qual ela havia sido recusada em sua, digamos, primeira passagem por lá.

Por trás do filme Esticando a Festa Netflix

Como se vê, o filme Netflix Esticando a Festa tem um enredo que parece ser muito leve, mas que traz mensagens altamente positivas, principalmente para quem é jovem e só quer saber de curtir a vida e não pensa nas responsabilidades consigo mesmo e com os outros.

É uma maneira divertida de passar essa mensagem, e que é muito bem realizada, sem exageros.

O diretor do filme é Stephen Herek, que é conhecido por ter dirigido alguns filmes bem famosos como o primeiro Bill & Ted em 1989, uma versão de Os Três Mosqueteiro em 1993 e, principalmente, o primeiro 101 Dálmatas, em 1996.

Ele não é um nome tão conhecido e não é famoso por ter um estilo próprio, mas é competente e consegue traduzir visualmente os roteiros que pega para trabalhar. É um bom técnico, e aqui mostra desenvoltura para não deixar essa trama toda cair para um lado mais piegas.

O filme Netflix Esticando a Festa também é beneficiado com uma boa atuação de Victoria Justice, que interpreta a protagonista e carrega a história nas costas.

O caso dela é a velha história do carisma: mesmo pessoas que não tem muito talento conseguem bons resultados se tem esse magnetismo para atrair os olhares nos filmes. Essa atriz, por outro lado, é talentosa e tem esse carisma, e por isso o filme funciona bem.

Vale a pena assistir Esticando a Festa?

É claro que Esticando a Festa não é o tipo de filme para ganhar prêmios ou ser reconhecido como uma obra de arte do cinema.

A adaptação Esticando a Festa traz uma mensagem simples, mas que anda muito em falta hoje em dia, que é a busca pela reconexão com as pessoas além da futilidade moderna.

É cativante e é engraçado, apesar de um pouco óbvio no final. Super recomendado para quem quer uma diversão leve e bonitinha.

Sinopse e Ficha Técnica do filme Netflix Esticando a Festa

Título Original: Afterlife of the Party;

Lançamento Netflix: 2 de setembro de 2021;

Direção e roteiro: Stephen Herek, Carrie Freedle, Marlene Perez;

Sinopse Netflix: A vida de Cassie é uma grande festa, até que ela morre em um acidente. Agora, essa jovem popular tem a chance de voltar à Terra e consertar seus erros.

Duração: 1h 49min;

País de Origem: Estados Unidos;

Gênero: Comédia adolescente, Aprendizado de vida.

Você também poderá se interessar por Cinderella (musical Amazon Prime), Quanto Vale? (drama), Força Queer (série LGBT), Ponto de Virada 11-09 e a Guerra Contra o Terror, Como Virar um Cowboy (reality show) e Incursão Alienígena (ficção científica).

Compartilhe
Luiz Henrique Oliveira

Nascido em 1986, editor-chefe no Cenapop, colunista no Interprete.Me, redator no UOL e youtuber no Cinco Tons.