Extremis Netflix – Crítica do documentário com Trailer Legendado

Extremis é um curto documentário original Netflix que estreou em abril de 2016 na plataforma. Nele acompanhamos pacientes, médicos e suas famílias em um movimentado hospital. Os pacientes estão todos na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e suas escolhas e as escolhas dos médicos podem ser decisivas entre a vida e a morte delas.

Cada pessoa que está ali só continua viva por estar ligada em diversos aparelhos e alguns estão até mesmo em estado vegetativo. Por isso há um momento em que as máquinas precisam ser desligadas mas, quem decide isso?

Olhamos a perspectiva dos médicos que buscam todas as maneiras de melhorar aquele paciente, e quando não há mais nada, precisam transmitir aos familiares o que está prestes a acontecer. A perspectiva da família que nunca quer desistir e ver a pessoa morrer leva também em conta que para muitos o desligar de aparelhos é como se fosse assassinato. E os próprios pacientes que estão muitas vezes em dor tentando sobreviver e se deparam com o desafio de escolher seu futuro.

Muitos que estão lá são guiados pela fé outros pela ciência. E o documentário aborda toda a emoção e sofrimento daqueles que estão rodeados pela decisão e pressão.

Direcão e premios do documentário Extremis Netflix

A direção é feita por Dan Krauss, e ele já dirigiu um total 15 documentários como, por exemplo, The Kill Team (sobre crimes de guerras nos Estados Unidos) e The Death of Kevin Carter: Casualty of the Bang Bang Club (que fala sobre a morte do jornalista e fotógrafo africano).

Este último foi muito aclamado e indicado para Oscar de Melhor Documentário de Curta-Metragem pela incrível obra cinematográfica entregue por Dan Krauss.

E o diretor não decepcionou com Extremis, pois novamente foi indicado ao Oscar de Melhor Documentário de Curta-Metragem em 2017 (mas infelizmente acabou perdendo para White Helmets).

Com uma sensibilidade e agilidade ao mostrar o lado dos pacientes, médicos, familiares e amigos, com seus poucos minutos de duração, Extremis consegue tocar a alma de qualquer um que o assista.

O estilo do documentário Extremis Netflix

Extremis pode ser de grande baque para aqueles que passaram por situações parecidas ou que sejam muito emocionais. Apesar da curta duração do documentário (somente 24 minutos), ele consegue focar em tudo que é importante: o triângulo entre pacientes, médicos e familiares, e suas decisões.

O curta mostra conversas extremamente intimas, dando um ar ainda mais triste a toda experiencia de assistir. Ele não apresenta opinião, nem algo que te faça necessariamente mudar sua visão sobre a morte e coisas do tipo. Alguns consideram o filme até mesmo intrometido demais, causando uma dor desagradável e desnecessária.

Extremis Netflix pode ser de uma ótima análise para ver o lado médico, que muitas vezes achamos ser insensível, e de como é difícil para eles também.

Para quem gostou de documentários como A Partida FinalNosso Reino, Doenças do Século 21 e Operação Enganosa, Extremis pode ser de grande agrado. Extremis está disponível dublado e legendado em português na Netflix.

Trailer e informações de Extremis Netflix

Sinopse: Seja testemunha das emoções que acompanham decisões de vida ou morte para médicos, pacientes e famílias na UTI de um hospital.

Idioma: áudio no original inglês com legendas em português;

Duração: 24 minutos;

Classificação etária: 12 anos;

Ano de lançamento: 2016;

Gênero: Documentário, Drama;

Compartilhe
Convidado

Este é um artigo enviado por um convidado do site.

Publicado Por