F1: Dirigir Para Viver Netflix – as dores e emoções das corridas

F1: Dirigir Para Viver é, de certa forma, para saudosistas da época em que a Fórmula 1 ainda era relevante. Ao menos, aqui no Brasil. Ainda que as cenas captadas neste novo documentário da Netflix sejam recentes, a edição é que dá uma agilidade à narrativa e mostra os bastidores das equipes (assista aqui).

Como se pode imaginar, quase sempre as garagens são grande fonte de estresse e ansiedade durante os grandes prêmios. Isso faz lembrar do tempo em que assistir a essas corridas era realmente um “teste para cardíaco”, como diria Galvão Bueno.

f1 dirigir para viver netflix formula 1 corrida cart documentario bastidores

Dito tudo isso, é preciso reconhecer que a série documental Netflix F1: Dirigir Para Viver é competente. Ao longo dos dez episódios, a mistura de sentimentos impera durante a projeção. Nada que seja comparável às brigas de Ayrton Senna e Alain Prost no fim dos anos 80, porém. Por outro lado, a série documental mostra que por trás dos carros excessivamente equipados e a falta de emoção nas pistas, a Fórmula 1 ainda guarda muitas palpitações – para quem acompanha tudo dos bastidores.

F1: Dirigir Para Viver e a “emoção” da alta velocidade

f1 dirigir para viver netflix formula 1 corrida cart documentario bastidores 2Em F1: Dirigir Para Viveracompanhamos a rotina exaustiva dos pilotos da Fórmula 1 atual. A preparação a que eles se submetem em nada lembra os tempos antigos. Se antes era preciso estar equipado apenas com a coragem e a determinação de vencer, agora há todo um aparato por trás. Dessa forma, o que vemos na tela são verdadeiros atletas, que se preparam como se estivessem indo para o ringue.

O original Netflix acompanha todo o treinamento dos pilotos. Os exercícios, a alimentação regrada, e tudo o mais que os transforma em máquinas. Muita gente pode especular que é esse tipo de preparação que tirou a emoção da Fórmula 1. Entretanto, é preciso entender que, para a segurança desses esportistas, é preciso realmente pensar em maneiras de aumentar a segurança.

f1 dirigir para viver netflix formula 1 corrida cart documentario bastidores 3Por outro lado, também acompanhamos algumas rixas de bastidores: pilotos que se desentendem dentro e fora das pistas, mecânicos que provocam a equipe adversária… Tudo isso e outras atitudes que esquentam todo o circo da Fórmula 1 longe dos olhos do público. Raramente alguma dessas “picuínhas” particulares ganha a luz do dia, à vista dos fãs. Faz parte do jogo: depois de tantas tragédias nas pistas, a organização da F1 tratou de pasteurizar os concorrentes. Em frente às câmeras, quase todos fazem pose de bom moço. Fora delas, não é bem assim.

A rivalidade que aflora desses pilotos é o combustível para o original Netflix F1: Dirigir Para Viver funcionar. Fosse mostrar apenas a emoção das corridas atuais, a minissérie estaria fadada ao fracasso. Por mais que todas as mudanças tenham vindo para melhorar a segurança para os competidores, também ajudaram a “matar” a categoria.

f1 dirigir para viver netflix formula 1 corrida cart documentario bastidores 5

Apesar de tudo, é um documentário que funciona

Atualmente, não há resquício daquilo que a Fórmula 1 foi até, pelo menos, a morte de Senna, em 1° de maio de 1994. Ou, até a aposentadoria de Michael Schumacher. F1: Dirigir Para Viverentretanto, possui o mesmo estilo de outros documentários famosos, como Senna e Amy. Não é coincidência: os produtores das três obras são praticamente os mesmos. Por essa razão, a forma impressionante como as corridas são retratadas aqui são fruto da marca de qualidade impressa por esse time de produtores através dos anos.

f1 dirigir para viver netflix formula 1 corrida cart documentario bastidores 4E se há algo do qual não se pode reclamar em F1: Dirigir Para Viver é a qualidade das imagens. A edição da minissérie realmente caprichou: as cenas de corrida são de tirar o fôlego. É uma pena que seja jogo de câmera: sabemos que a Fórmula 1 não desperta mais tantas paixões como no passado. Entretanto, o show precisa continuar. O retrato do campeonato – e dos seus competidores – feito aqui pode soar um pouco forçado para quem está por dentro do circuito. Mesmo assim, vale a pena assistir pela qualidade impressa na produção.

Apesar da Fórmula 1 não ser mais a mesma, este é um documentário que funciona. Ao menos para mostrar que, nos bastidores, a competição continua tão viva quanto antes.

Você também poderá se interessar pelos documentários Cricket Fever: Mumbai Indians, Losers (sobre a superação após uma derrota), Heal – O Poder da Mente e Por Dentro das Prisões Mais Severas do Mundo.

Trailer e informações da série documental Netflix F1: Dirigir Para Viver

Sinopse Netflix: Pilotos, gestores e donos de equipes vivem grandes emoções – nas pistas e fora delas – durante uma implacável temporada de corridas de Fórmula 1.

Duração dos episódios: aproximadamente 35 minutos;

Classificação etária: 14 anos;

Ano de lançamento: 2019;

Gênero: Série Documental, Esportes;

 

F1: Dirigir Para Viver Netflix - as dores e emoções das corridas
F1: Dirigir Para Viver é, de certa forma, para saudosistas da época em que a Fórmula 1 ainda era relevante. Ao menos, aqui no Brasil. Veja mais detalhes.
Editor's Rating:
4.5

Programação e Trailers dos Lançamentos Originais da Netflix dessa Semana

Mais Artigos

Sobre o Autor

Nasceu no interior de São Paulo em 1986 e escreve sobre cinema em blogs desde 2004. Curte drama, comédia e ficção científica, mas ama mesmo O Poderoso Chefão. Tem interesse no mundo geek, em música brasileira e pode ser facilmente confundido com o Chico Bento pelas ruas da capital paulista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.