Fugindo do Amor Netflix, filme de romance que estreou no final de Julho/2021, tem como destaque o uso de todos os signos da comédia romântica, gênero tão batido, mas que ainda faz enorme sucesso junto ao público, principalmente nas plataformas de streaming (assista aqui).

No filme Netflix Fugindo do Amor, temos a medida exata de comédia de situação com romance, onde os personagens se desencontram em situações bastante atípicas. Pode funcionar como passatempo, mas nada além disso: o longa metragem Fugindo do Amor não tem nenhuma marca de originalidade que faça com que o trabalho se torne algo que vai ficar na memória do espectador.

Do que se trata o filme Fugindo do Amor Netflix

O longa-metragem é centrado em Erica, uma mulher que tenta decolar com sua carreira de cantora, mas nada parece dar muito certo em sua vida.

Quando a vida financeira começa a apertar, ela recebe um convite irrecusável: cantar em um casamento nas Ilhas Maurício, um dos locais paradisíacos mais festejados do mundo.

Além da passagem paga e a oportunidade de curtir um período em um local tão bonito, Erica aceita. No entanto, ao chegar lá, ela descobre que o casamento é de ninguém menos que seu ex-noivo, Jason. Depois que eles se separaram, o rapaz começou a namorar uma mulher chamada Beverly.

A lógica de Fugindo do Amor (ou a falta dela)

Como se percebe, a trama do filme Fugindo do Amor parece muito simples, e de fato é. Há passagens no roteiro que caminham apenas por conveniência.

Como Erica não sabia do casamento do ex? Como aceitou cantar no casamento sem saber quem são os noivos?

Essas são apenas algumas das perguntas que qualquer pessoa pode se fazer enquanto assiste Fugindo do Amor, e são todas válidas, já que o filme não faz questão de explicar nada.

Esse desafio à lógica (ou, como diria Glória Perez, “é preciso voar”) é o que menos interessa aos produtores do filme, pois toda a narrativa está calcada na comédia de situações e no enrosco que Erica precisa enfrentar ao descobrir sobre o casamento de seu ex.

O filme Netflix Fugindo do Amor vale a pena?

Se a intenção é desligar o cérebro e curtir algo apenas para passar o tempo, sem se importar com esses momentos, pode ser que o filme seja o mais indicado.

No fim das contas, para quem não consegue deixar de notar essas falhas, a mensagem que o filme quer passar – sobre perdão e a vida seguindo em frente – acaba sendo eclipsada pelos erros narrativos. Apesar disso, o filme tem algum destaque por conta de suas atuações.

O quarteto principal – formado ainda por Caleb, irmão de um dos personagens e que entra para bagunçar ainda mais o coreto – é bastante correto e faz o possível com o roteiro dado. Entretanto, todo o resto do elenco se esforça para dar alguma dignidade aos papéis, mas não há muito o que fazer.

Visualmente deslumbrante por conta das paisagens das Ilhas Maurício, o filme Fugindo do Amor não passa de uma curiosidade no catálogo da Netflix, que infelizmente se perde em suas próprias pretensões.

É o tipo de filme que você assiste apenas para relaxar, curtir o momento e passar para outra produção assim que possível – nada que vá marcar sua vida.

Sinopse e Ficha Técnica do filme Netflix Fugindo do Amor

Título Original: Resort to Love;

Lançamento Netflix: 29 de Julho de 2021;

Direção e roteiro: Steven K. Tsuchida, Tabi McCartney, Dana Schmalenberg;

Sinopse: Recuperando-se de uma desilusão amorosa e em plena crise profissional, uma cantora decide aceitar um trabalho em um resort. Só que ela nem imagina o que vem pela frente.

Duração: 1h 41min;

País de Origem: Estados Unidos;

Classificação etária: 10 anos;

Gênero: Comédia romântica.

Você também poderá se interessar por Roubos Inacreditáveis (documentário), Deep (ficção científica), Kingdom Ashin of the North, O Último Mercenário (ação), Tattoo Fail (reality) e Samurai X A Origem (live action).

Compartilhe
Luiz Henrique Oliveira

Nascido em 1986, editor-chefe no Cenapop, colunista no Interprete.Me, redator no UOL e youtuber no Cinco Tons.