Gente de Bem Netflix: Crítica do filme

Em Gente de Bem, filme que está estreando no catálogo da Netflix, vemos uma história de origem – mas não da forma tradicional.

O que o longa traz é o recomeço de uma vida: aos cinquenta e poucos anos, é possível viver novas aventuras? Ainda dá tempo de descobrir novas sensações, experimentar novos sentimentos? Quais são as consequências das nossas escolhas a essa altura da vida?

É claro que o enredo do filme não é novo. Não há uma descoberta do fogo aqui. Entretanto, a produção é muito esmerada, emocionante na medida certa e não apela para o sentimentalismo barato. Gente de Bem é direto, como um soco na cara. E acerta em cheio.

Vazio existencial em Gente de Bem

gente de bem netflix filme vazio existencial 01O personagem principal é Anders Hill, e é interpretado por Ben Mendelsohn de forma magistral. O ator, que já é um veterano e participou de inúmeros filmes (sendo o vilão em “Star Wars: Rogue One” e “Jogador Número Um”), dá um show na pele do homem que resolve deixar tudo para trás e começar uma vida nova depois de se aposentar e encaminhar os filhos para boas faculdades.

No fim, o que parecia ser uma boa ideia só aumenta o seu vazio existencial – e este é o verdadeiro tema do filme.

Quem nunca se sentiu perdido na vida, sem rumo nenhum? Uma música do Raul Seixas, “Ouro de Tolo”, explica bem esse período em que aparentemente temos tudo, mas ainda não nos sentimos satisfeitos.

Normalmente essa sensação aparece nas portas da terceira idade, quando se olha para trás à procura das realizações de uma vida. É o que acontece com Anders, e faz com que ele tome as decisões que ele abandone a esposa, compre um apartamento novo e tente “viver de verdade”.

gente de bem netflix filme vazio existencial 02Como se diz no título original, ele mora na “terra de hábitos constantes”. Connecticut é um estado afastado nos Estados Unidos, e a maioria do seu povo é bastante conservador. O roteiro do filme coloca a ação justamente nesse meio para sublinhar ainda mais o desespero existencial de Anders, que passou uma vida inteira preso a hábitos e, em determinado momento, resolve fugir deles.

O que ele descobre – e nós também – é que uma virada tão brusca nem sempre é a solução.

Difícil de assistir (no bom sentido)

Gente de Bem toca em assuntos que são caros a muita gente. Essas questões existenciais sempre aparecem na cabeça da maioria de nós uma hora ou outra. O filme explora muito bem essas nuances, e para isso é preciso ter um elenco bastante competente à mão.

Por sorte, esta produção conta com profissionais do calibre de Charlie Tahan, Eddie Falco, Elizabeth Marvel, entre outros. Todos estão muito bem encaixados dentro do enredo. Ninguém destoa.

gente de bem netflix filme vazio existencial 03Porém, o destaque ainda é Ben Mendelsohn: ele carrega o filme todo, com sua expressão perdida contrastando com um entusiasmo adolescente que vai se perdendo, aos poucos. É doloroso de assistir.

Tudo isso sob a condução de Nicole Holofcener, que não dirigia um filme desde “À Procura do Amor”, em 2013. Nesse tempo ela se dedicou a dirigir séries, e sua volta ao cinema mostra que não perdeu a mão: não há exageros, pontas soltas, “gorduras” narrativas. O filme todo tem uma coesão extraordinária e mostra, mais uma vez, o talento de Holofcener para lidar com as relações e sentimentos humanos.

O sentimento de vazio permeia a produção Netflix Gente de Bem. Com isso, vemos o lado mais complexo da nossa identidade, quando tentamos identificar a inquietude que nos acomete de vez em quando, e fracassamos retumbantemente.

Leia também: o que faz seu interesse ser fisgado logo nos primeiros 10% de um filme ou série?

Trailer e informações do filme Netflix Gente de Bem

gente de bem netflix filme vazio existencial 04

gente de bem netflix filme vazio existencial 05

gente de bem netflix filme vazio existencial 06

gente de bem netflix filme vazio existencial 07

gente de bem netflix filme vazio existencial 08

gente de bem netflix filme vazio existencial 09

gente de bem netflix filme vazio existencial 10

gente de bem netflix filme vazio existencial 11

gente de bem netflix filme vazio existencial 12

Sinopse 1: Ele só queria mudar um pouco a vida, mas acabou arruinando-a. Agora, ele tenta juntar os pedaços e recomeçar.

Sinopse 2: Após abandonar a esposa e o emprego, Andres embarca em uma emocionante jornada para reconstruir a vida, esperando que a liberdade seja o caminho certo para a felicidade.

Idioma: dublado (com opção de áudio original em inglês, e legendas em português);

Duração: 1h 38min;

Classificação etária: 16 anos;

Ano de lançamento: 2018;

Gênero: Comédia, Humor controverso, Drama;

Gente de Bem Netflix: Crítica do filme
O filme Gente de Bem tem aquela pegada humorística porém melancólica, pois trata de um assunto que acomete a todos uma hora ou outra: o vazio existencial.
Editor's Rating:
5

Mais Artigos

Sobre o Autor

Eventualmente temos correspondentes variados em nosso blog, que são os "convidados". Trata-se de artigos escritos por diferentes pessoas, todos feitos especialmente para o Interprete-Me (conteúdos originais).

2 thoughts on “Gente de Bem Netflix: Crítica do filme

  1. Ben Mendelsohn é um ótimo ator, é muito talentoso e bonito, não há filme que não me surpreenda. É espectacular, superou as minhas expectativas, adoro os filmes de Ben Mendelsohn, considero que é um excelente ator, a vi em ready player one filme, adorei! Já a viste? Este filme é um dos melhores que estreou, se você quise assistir um excelente filme, eu recomendo! É impossível não se deixar levar pelo ritmo da historia. É algo muito diferente ao que estávamos acostumados a ver.

  2. Queria saber de um filme com tema semelhante só que é uma mulher, no trailer que vi há anos ela abandona a família e vai viajar, deixando o filho com o pai. Quero muito ver esse filme mas não recordo o nome.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.