Manhãs de Setembro: série nacional LGBT (2021)

Manhãs de Setembro serie brasileira nacional amazonprime video lgbt mulher trans cantora Liniker

A série Manhãs de Setembro chegou ao catálogo Amazon Prime Vídeo em Junho de 2021. É uma nova produção nacional na plataforma estrelada pela cantora Liniker, em sua primeira atuação como protagonista (assista aqui).

A série em cinco episódios era muito esperada pelo público nacional da Prime Vídeo, que já tinha lançado, poucas semanas antes, outra produção feita totalmente por aqui: “Dom”, estrelada por Gabriel Leone e que conta a história real de um dos bandidos mais famosos do Rio de Janeiro nos anos 2000.

A história da série Manhãs de Setembro Prime Vídeo

Aqui, a mudança temática é clara: a história da série Manhãs de Setembro acompanha Cassandra (Liniker), uma mulher trans que precisou abandonar a cidade natal para ir em busca de seu sonho: se tornar cantora. Depois de muitas dificuldades, ela passa por um bom momento na vida, onde as coisas começam a se encaixar.

Ela agora mora em São Paulo, tem um emprego, apartamento alugado e um namorado, Ivaldo (Thomás Aquino), além de começar a ter oportunidades para mostrar seu talento como cover da cantora Vanusa.

Manhãs de Setembro serie brasileira nacional amazonprime video lgbt mulher trans cantora Liniker

Tudo muda com a chegada de Leide (Karine Teles), mulher com quem teve um envolvimento no passado. Ela traz Gersinho (Gustavo Coelho), que ela garante ser filho de Cassandra.

A série brasileira Manhãs de Setembro pode pecar por ser muito curta (seus episódios têm cerca de meia hora, como se fosse um filme de duas horas e meia cortado em cinco partes), e um final que pode ser considerado apressado, mas suas qualidades superam em muito seus potenciais defeitos.

O enredo dessa série brasileira, que tem pontos em comum com o filme “Transamerica”, de 2005, traz um olhar diferente para a situação de pessoas trans, com uma atuação sensível e muito talentosa de Liniker, que consegue segurar todos os episódios da série.

É uma interpretação muito cuidadosa e que convence logo nos primeiros minutos, o que dá a certeza de que Liniker, se quiser, terá um bom futuro como atriz daqui em diante.

Manhãs de Setembro serie brasileira nacional amazonprime video lgbt mulher trans cantora Liniker

Além disso, Manhãs de Setembro da Amazon Prime Vídeo tem um elenco coadjuvante de primeira, com nomes como Karine Teles, que interpreta Leide, uma mulher que ama seu filho mas que tem em si a vontade de se dar bem em qualquer situação, e por isso se aproveita de Cassandra o quanto pode, além de esconder seus preconceitos em nome de uma potencial vantagem com ela. Um trabalho muito interessante e cheio de camadas da atriz, que esteve, entre outros filmes, no elogiado “Bacurau”.

Thomás Aquino, que também esteve no mesmo filme, dá brilho ao seu personagem, que divide com Liniker algumas das principais cenas da série. Quem chama a atenção mesmo é o garoto Gustavo Coelho, uma grande revelação, e a dupla Gero Camilo e Paulo Miklos, que interpretam um casal simpático e principal alívio cômico da série.

A série Manhãs de Setembro vale a pena?

A série brasileira Manhãs de Setembro é, sem dúvida, uma das principais estreias nacionais de 2021.

Merece ser vista, tanto pela quantidade de temas importantes que propõe, como a situação econômica e social das mulheres trans, por exemplo (muito bem abordada em quase todos os momentos).

Além disso, esta série original Prime Vídeo conta um com elenco estelar onde todos estão excelentes, com um ótimo roteiro em mãos.

Manhãs de Setembro serie brasileira nacional amazonprime video lgbt mulher trans cantora Liniker

Sinopse e Ficha Técnica da série brasileira Manhãs de Setembro

Lançamento Netflix: 25 de Junho de 2021;

Criação de: Josefina Trotta;

Sinopse Prime Vídeo: A vida de uma mulher trans que acaba de conquistar sua independência toma um rumo inesperado com a chegada de um filho que ela gerou com outra mulher dez anos antes.

Duração dos episódios: aproximadamente 35 minutos;

País de Origem: Brasil;

Classificação etária: 14 anos;

Gênero: Drama, LGBT, transsexualidade.

Você também poderá se interessar por Sophie Assassinato em West Cork (documentário criminal), America The Motion Picture (paródia humorística), Somos (série dramática com história real), Homicídio na Costa do Sol (documentário policial), Interrompemos a Programação (suspense) e This is Pop (documentário sobre música).

Mais Artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.