Meu Ano em Nova York: filme vale a pena? (2021)

Meu Ano em Nova York filme baseado livro biografico salinger year resenha critica

Meu Ano em Nova York (Um Ano em Nova York) é um filme que chegou ao catálogo Netflix em setembro/2021 prometendo ser um respiro mais leve no meio de longas-metragens mais pesados que tem estreado na plataforma (assista aqui).

Antes de continuar, dê uma olhada aqui. COM CERTEZA algo vai chamar sua atenção 😍

Mesmo não sendo um original da produtora, é uma das boas estreias dessa semana.

O filme Meu Ano em Nova York brinca com a aura de escritores famosos, mas reclusos. Harper Lee, Thomas Pynchon e até Edgar Allan Poe são bastante conhecidos do público, mas o principal nome dentro desse seleto grupo de artistas anti-sociais é o de J.D. Salinger.

O escritor de “O Apanhador no Campo de Centeio” é considerado uma obra-prima, influente até hoje apesar de publicado em 1951 como romance. Seu autor quase nunca deu entrevistas, detestava aparecer e vivia apenas em sua casa, onde morreu em 2010.

Meu Ano em Nova York filme baseado livro biografico salinger year resenha critica

Do que se trata o filme Meu Ano em Nova York?

O longa metragem Meu Ano em Nova York, porém, fala sobre Salinger de forma indireta. O diretor Phillippe Falardeau adapta na verdade a história de Joanna Smith Rakoff, que relatou em biografia (leia aqui) seu tempo trabalhando para a agência literária de Nova York que representou Salinger em meados dos anos 90.

Aqui, Joanna é interpretada por Margaret Qualley como uma jovem que deixa a escola e deixa o namorado na Califórnia para tentar a vida escrevendo em Nova York.

No entanto, seus sonhos esbarram na realidade: ela consegue emprego apenas como secretária de Margaret (Sigourney Weaver). Essa mulher é a dona da agência literária que cuida das obras de Salinger, com quem praticamente ninguém tem contato além dela própria.

Meu Ano em Nova York filme baseado livro biografico salinger year resenha critica

Assim como o autor, Margaret também é anacrônica: usa máquinas de escrever ao invés de computador, por achar que as novas máquinas “dão mais trabalho”.

Joanna, então, ganha como missão a leitura das cartas enviadas para Salinger, para se certificar de que não haja ameaça de violência, categorizá-las e respondê-las de forma adequada.

Paralelo a isso, ela tenta manter uma vida romântica com Don (Douglas Booth), um cara egoísta que está trabalhando em seu próprio romance, ao mesmo tempo em que lida com a chefe tirânica e com outros trabalhadores da agência, como Hugh e Daniel, interpretados pelos atores veteranos Bryan F O’Byrne e Colm Feore.

Vale a pena assistir Meu Ano em Nova York?

Não é surpresa alguma dizer que o filme Meu Ano em Nova York tem semelhanças até demais com O Diabo Veste Prada, o clássico filme estrelado por Anne Hathaway e Meryl Streep em 2007.

Isso é suplantado pelo carisma contagiante de Margaret Qualley, que é o que nos mantém interessados, apesar de não sabermos quase nada sobre suas habilidades de escrita – que no fim das contas, é o possível mote do filme.

Meu Ano em Nova York filme baseado livro biografico salinger year resenha critica

A “imitação” que Weaver faz de Streep naquele filme também é marcante em Meu Ano em Nova York, como é praxe nos trabalhos da atriz três vezes indicada ao Oscar.

Há algum cansaço em relação à estrutura narrativa, que oscila entre a primeira e a terceira pessoa na narração, que pode incomodar um pouco.

Há também alguns comentários sobre a classe intelectual de Nova York, sempre tão satirizada, que fica no campo mais confortável, sem grandes ironias. No mais, Meu Ano em Nova York é um filme bonito, apesar de simples, sobre seguir suas aspirações e nunca desistir dos sonhos.

Ofertas Relampago Shopee

Meu Ano em Nova York filme baseado livro biografico salinger year resenha critica

Sinopse e Ficha Técnica do filme Meu Ano em Nova York

Título Original: My Salinger Year;

Lançamento Netflix: 15 de setembro de 2021;

Direção e roteiro: Philippe Falardeau, baseado no livro de Joanna Smith Rakoff;

Sinopse Netflix: Uma jovem aspirante a escritora é contratada como assistente por uma agência literária de Nova York e começa a responder as cartas dos fãs de um autor famoso e recluso.

Duração: 1h 41min;

País de Origem: Canada e Irlanda;

Classificação etária: 16 anos;

Gênero: Drama biográfico.

Você também poderá se interessar por Jaguar (drama histórico), He-Man e os Mestres do Universo, Gabriel e a Montanha (drama), Noitários de Arrepiar (suspense juvenil), Ilhados (suspense adolescente) e Caça Invisível (suspense).

Mais Artigos

One thought on “Meu Ano em Nova York: filme vale a pena? (2021)

  1. Esse filme é muito ruim, se quisermos ver algo que toque o que poderia ser a forma de pensar de um grande escritor ou conversar e conviver com um deles, indico Encontrando Forrester. Abraço a todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.