Longas e Curta-metragens

Motown Magic Netflix: Resenha da série de musical infantil

Para quem gosta de boa música, Motown Magic é o que há de melhor no catálogo da Netflix (assista aqui). Não surpreende que uma soundtrack tão boa esteja em uma animação infantil: é absolutamente importante passar para as crianças algumas canções clássicas que sejam realmente interessantes e que agreguem alguma cultura a elas.

Nesta animação, a exemplo que acontece com Beat Bugs (uma produção Netflix que traz músicas dos Beatles integradas à narrativa), temos um desfile de ótimas canções da lendária produtora Motown servindo como pano de fundo para uma história que pode até parecer boba, mas que se torna encantadora com o passar dos episódios.

Já no trailer de Motown Magic temos a fantástica “ABC”, do Jackson’s Five, que eram parte integrante do elenco de artistas da Motown nos anos 70. E é claro que o nome do personagem principal da animação não é Ben à toa: também é uma famosa música do catálogo da Motown, cantada pelo ainda adolescente Michael Jackson.

As referências a artistas da época são muitas, e quem conhece um pouco da história da gravadora vai identificar imediatamente. Já as crianças vão se divertir bastante com as aventuras de Ben e toda a sua turma em um mundo mágico.

A magia da música

Em Motown Magic acompanhamos a jornada de Ben, um garoto de 8 anos que passa os dias em sua casa, usando sua imaginação fértil para se divertir. Ele vive em uma cidade chamada Motown, que é recheada de artes de rua (os chamados “grafite”), as quais Ben admira. O que poucas pessoas sabem é que ele possui um pincel mágico, com o qual pode dar vida a todas essas artes em Motown e também dar vazão a sua vívida imaginação. Com isso ele faz novos amigos, além de sempre contar com o apoio de sua família, em que todos possuem algum talento artístico.

Por mais que a animação na série Motown Magic chame a atenção por ser muito bem acabada e conseguir, em 11 minutos (a duração média de um episódio) passar uma boa mensagem, o que atrai mesmo em Motown Magic é a música. São mais de 50 clássicos da lendária gravadora Motown Records, fundada por Barry Gordy em meados dos anos 70 e que reuniu um time de estrelas que fez um estrondoso sucesso na época e que monopolizavam a cultura americana. Músicas de artistas como Lionel Richie, The Jackson’s Five, Marvin Gaye e Stevie Wonder, entre outros, aparecem nos episódios re-interpretadas por artistas atuais como Ne-Yo e Skylar Grey.

Essas regravações se encaixam melhor na estrutura da animação do que se precisasse usar as versões originais, mas que também se mostram bastante respeitosas. Não é a reimaginação dessas músicas em outras batidas ou ritmos, mas sim uma atualização. Só por isso, Motown Magic já pode ser considerada imperdível para adultos e crianças.

Entretanto, em se tratando de uma animação voltada para o público infantil, ela também precisa trazer algumas mensagens importantes para os pequenos, o que ela faz com louvor.

Melhor do que o esperado

Motown Magic é produzida por Smokey Robinson, um dos grandes da época de ouro da Motown Records. Suas músicas também são usadas na série, e por ele ter sido parte da engrenagem que movimentou a indústria na época que serviu de inspiração para os episódios desse desenho, ele permitiu uma utilização interessante dessas canções – elas não estão lá apenas para preencher um espaço, mas sim para fazer parte da narrativa de Ben e suas aventuras no mundo da imaginação.

Dessa forma, Motown Magic se apresenta como uma produção melhor do que o esperado, trazendo boa música e uma história carismática e sensível para novas gerações que, mais do que nunca, precisam conhecer os clássicos para saber admirá-los como se deve.

Para quem apreciou esta animação, poderá se interessar também por  Cante e dance com a VeraBeat Bugs, She-Ra e as Princesas do PoderDetetives da NaturezaTrolls: O ritmo continuaSuper Monstros – Festa Monstruosa.

Trailer e informações sobre a série infantil Motown Magic Netflix

Sinopse 1: Um garoto incrível, um pincel mágico e um mundo em que tudo é possível. Prepare-se para viver muitas aventuras musicais!

Sinopse 2: O criativo Ben transforma a cidade com sua arte de rua, armado com um pincel mágico – e os clássicos sons da Motown.

Ano de lançamento: 2018;

Gênero: Musical infantil;

Compartilhe
Convidado

Este é um artigo enviado por um convidado do site.

Publicado Por