Categorias: EntretenimentoFilmes

Resumo do filme O menino que Descobriu o Vento

O resumo do filme O Menino que Descobriu o Vento é sobre uma história inspiradora baseada em fatos da vida de William Kamkwamba, um jovem de Malawi que constrói uma turbina eólica com peças recicladas para gerar energia elétrica para sua aldeia.

A história começa com William sendo expulso da escola devido a falta de dinheiro para pagar as mensalidades. Ele passa seus dias livres lendo livros de ciência e tecnologia em uma biblioteca local, onde descobre sobre a energia eólica e decide construir uma turbina movida a vento para sua aldeia.

Apesar das dificuldades e desafios, William persiste em seu sonho e consegue construir sua turbina eólica, gerando energia suficiente para iluminar várias casas e permitir que as pessoas usem aparelhos elétricos.

A história de William Kamkwamba é inspiradora e mostra como a determinação e a criatividade podem superar as barreiras impostas pela pobreza e falta de educação.

Cenas memoráveis do filme “O Menino que Descobriu o Vento”

Uma das cenas mais memoráveis do filme “O Menino que Descobriu o Vento”, em resumo, é quando William é expulso da escola devido a falta de dinheiro para pagar as mensalidades.

Ele fica desolado, mas decide não deixar isso o impedir de continuar aprendendo. William passa seus dias livres lendo livros de ciência e tecnologia em uma biblioteca local, e encontra um livro sobre a energia eólica e fica fascinado com a ideia de gerar energia a partir do vento. Ele começa a sonhar em construir uma turbina eólica para sua aldeia, que sofre com a falta de energia elétrica.

Outra cena emocionante em resumo é quando William começa a construir sua turbina eólica, usando peças recicláveis como um gerador de carro e tubos de bicicleta. Ele trabalha duro, mas enfrenta muitas dificuldades, incluindo a falta de recursos financeiros e o escárnio de sua comunidade. Sua mãe e amigos ficam preocupados e tentam dissuadi-lo de continuar, mas William segue em frente, determinado a realizar seu sonho.

A cena final é emocionante, quando William consegue construir sua turbina eólica e a instala em sua aldeia. A turbina gera energia suficiente para iluminar várias casas e permitir que as pessoas usem aparelhos elétricos, como televisores e rádios. A comunidade se une para celebrar essa realização incrível e William é visto como um herói local.

O que aprender com o filme “O Menino que Descobriu o Vento”?

“O Menino que Descobriu o Vento” é um filme inspirador que oferece várias lições valiosas. Algumas delas incluem:

  1. A determinação e a criatividade podem superar as barreiras: A história de William mostra como é possível alcançar um sonho, mesmo quando se enfrentam dificuldades e obstáculos. Ele não se deixou desanimar pela falta de educação formal ou recursos financeiros e continuou trabalhando duro para alcançar seu objetivo.
  2. A educação é poderosa: William mostra como a educação pode ser um meio de mudar a vida de uma pessoa. Ele usou seus conhecimentos adquiridos na biblioteca para construir sua turbina eólica.
  3. A importância da inovação e pensar fora da caixa: William pensou fora da caixa ao usar peças recicladas para construir sua turbina eólica, o que o ajudou a superar as dificuldades financeiras.
  4. A importância de seguir seus sonhos: A história de William mostra como é importante seguir seus sonhos, mesmo quando as pessoas ao seu redor não acreditam neles. Ele mostra que, se você acredita em si mesmo e trabalha duro, pode realizar coisas incríveis.
  5. A importância da comunidade: William conseguiu realizar sua tarefa graças ao apoio da comunidade, isso mostra que juntos somos mais fortes e podemos alcançar objetivos maiores.

O comportamento dominante de William Kamkwamba

O protagonista do filme “O Menino que Descobriu o Vento” é William Kamkwamba, e seu comportamento dominante é determinação e criatividade.

Ele é determinado em alcançar seu objetivo de construir uma turbina eólica para sua aldeia, mesmo enfrentando dificuldades como a falta de educação formal e recursos financeiros. Ele não desiste diante das dificuldades, mas sim busca soluções criativas e inovadoras para superá-las.

William Kamkwamba também é persistente em seu sonho e trabalha duro para realizá-lo. Ele é um exemplo de como a determinação e a criatividade podem superar as barreiras e alcançar objetivos incríveis.

Porque assistir ao filme “O Menino que Descobriu o Vento”?

Existem várias razões para assistir ao filme “O Menino que Descobriu o Vento”:

  1. História inspiradora: A história real de William Kamkwamba é incrivelmente inspiradora e mostra como é possível superar as dificuldades e alcançar seus sonhos com determinação e criatividade.
  2. Lições valiosas: O filme oferece várias lições valiosas, como a importância da educação, a importância de seguir seus sonhos e a importância de pensar fora da caixa.
  3. Representação de personagens: O filme mostra a vida de uma comunidade africana, o que é raro de ver em filmes e séries, e também representa o protagonista como um jovem negro, o que é importante para ampliar a representatividade.
  4. Emocionante: O filme é emocionante e emocionante, com cenas que farão o espectador sentir a emoção de William e a sua comunidade.
  5. Importância ambiental: O filme também destaca a importância da energia eólica como uma fonte limpa e renovável de energia, mostrando a importância de se preocupar com o meio ambiente.

Relações do filme “O Menino que Descobriu o Vento” com o Tarot

“O Menino que Descobriu o Vento” pode ser relacionado ao Tarot de várias maneiras, dependendo do ponto de vista. Algumas cartas do Tarot que podem ser associadas à história incluem:

  1. O Louco: Esta carta simboliza a jornada do herói, a busca por algo novo e desconhecido. William é um jovem que segue seus sonhos e busca algo novo, assim como o Louco, que sai em busca de aventura.
  2. O Mago: Esta carta simboliza a criatividade e a inovação. William usa sua criatividade e inovação para construir sua turbina eólica com peças recicladas, assim como o Mago, que usa sua habilidade para criar algo novo.
  3. A Roda da Fortuna: Esta carta simboliza o ciclo da vida e os altos e baixos da sorte. A história de William mostra como ele supera as dificuldades e alcança sucesso, assim como a Roda da Fortuna, que simboliza o ciclo de mudanças na vida.
  4. O Sol: Esta carta simboliza a iluminação, a realização e a vitória. William ilumina sua aldeia com sua turbina eólica e realiza seu sonho, assim como o Sol, que simboliza a vitória e a realização.
  5. A Justiça: Esta carta simboliza a justiça e a equidade. William faz uso de sua determinação e criatividade para alcançar uma meta justa, que é a geração de energia elétrica para sua comunidade, assim como a justiça que busca equilibrar as coisas e fazer justiça.

Em resumo, “O Menino que Descobriu o Vento” é um filme cheio de cenas emocionantes e inspiradoras que mostram como a determinação e a criatividade podem superar as barreiras impostas pela pobreza e falta de educação.

A história de William é uma inspiração para todos nós e um lembrete de que, mesmo com poucos recursos, é possível fazer a diferença no mundo.

Compartilhe
Convidado

Este é um artigo enviado por um convidado do site.

Publicado Por