Sem / retorno – Vida e morte, como barganhar?

sem-retornoDizem que viver é um fardo, mas ninguém quer largá-lo. O tempo de vida nunca parece o bastante e nosso ego sempre quer mais. Será que enganar a morte saindo do seu corpo original seria uma boa ideia?

Trailer: Sem retorno

Anuncio:

Filmes Lançamento, Séries Exclusivas, Musicas, Jogos, Ebooks e Frete Grátis Ilimitado na Amazon! Tudo por R$ 9,90 por mês NÃO ACREDITA? Teste Grátis por 30 dias e confira.

Se uma mente que vive dentro do limite de aproximadamente 80 anos é capaz de coisas incríveis, o que aconteceria se esse tempo fosse duplicado?

Spoiler:

Você descartou seu corpo antigo e agora está em um novo. Perguntas surgem: de onde ele veio? Será que o cérebro dele tem algum tipo de controle sobre o meu? Será que existe alguma carga emocional no desenvolvimento dele até o momento?

Aparentemente parece que a troca de mente é como se fosse uma impressão no cérebro, copiando um e imprimindo no outro. Ou, vendo pelo ponto de vista espiritual, como se fosse a invasão em um corpo onde já existe uma alma, tentando assim dominar este corpo com a ajuda de medicamentos.

O preço

Você se entregaria a algo tão estranho e recente como isso? Garanto que se a resposta for “sim” é que nunca sequer ponderou sobre o que seria de sua liberdade após a troca. É obvio que toda instituição financeira quer ter lucros, e todo tipo de trabalho deve ser assistido de perto. Então, baseado nisso, imagine a quantidade de coisas que poderiam ser usadas no novo corpo para rastreá-lo e controlá-lo.

Desapego e supressão de sentimentos

Anuncio:

Como Desenhar Melhor.

Você agora tem outro corpo e outra identidade. Não pode mais alimentar quem você era para seus conhecidos. A solidão lhe dá a mão e a prende com uma algema. Uma vida nova e tudo novo. Mas e se seu corpo tiver tido uma vida e uma história? Onde seria o terreno proibido?

Recomendo muito esse filme, pois faz pensar que tudo que parece só ter um lado bom tem sempre um preço que talvez não se queira pagar.

Mais Artigos

Sobre o Autor

Administrador do blog Interprete-me, Jerry D. Blodgett tem paixão pela literatura subjetiva e os estudos da filosofia e psicologia. Sempre que possível, faz pontes entre a reflexão interior e o entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.