Sex Education Netflix: Resenha da série sobre as mazelas da adolescência

sex education netflix serie adolescente terapeuta sexual comedia

Sex Education, original Netflix, é uma série esquisita. A nova atração do catálogo chega, com sua primeira temporada de oito episódios, trazendo o tema da efervescência típica dos adolescentes em uma comédia onde a principal característica do protagonista é saber ouvir (assista aqui).

Caso você já tenha assistido, recomendamos o post de análise das questões dos personagens de Sex Education. É um post que debate com maiores detalhes do que esta resenha.

sex education netflix serie adolescente terapeuta sexual comedia 1Talvez seja preciso um pouquinho de tempo – uns dois episódios, provavelmente – para se sentir confortável com a temática e com as atuações nessa produção. Entretanto, quando se pega o jeito, ela se torna muito, mas muito melhor.

Os dilemas adolescentes (no que diz respeito às suas questões sexuais) aparecem aqui, na maioria das vezes, de uma forma delicada e até mesmo sutil. Há uma gama desses dilemas ao longo da exibição dessa primeira temporada, e que tomamos conhecimento através da paciência do garoto Otis, personagem central da série Sex Education. Porém, em outros momentos parece que a comédia está deslocada, e o máximo que se consegue é um pouco de constrangimento.

Educação pelos outros

A história central de Sex Education, como já foi dito, está em Otis. O rapaz, um adolescente que entrou para o ensino médio, precisa enfrentar sua própria timidez em um ambiente onde os hormônios naturalmente são efervescentes. Ele vive com sua mãe, Jean, que é uma respeitada terapeuta sexual com métodos pouco ortodoxos para tratar do assunto com seus pacientes – e também com seu próprio filho.

sex education netflix serie adolescente terapeuta sexual comedia 2Otis ainda é virgem, e ele não consegue mudar essa situação por ser um sujeito retraído. Entretanto, ao seguir o conselho de Maeve (uma garota da escola onde ele estuda) e auxiliado por seu melhor amigo Eric (um rapaz gay), ele usa o seu dom como ótimo ouvinte, e as dicas que escutou a vida inteira de sua mãe, para se tornar o terapeuta sexual da escola. Com isso, ele consegue se aproximar das pessoas e também conhecer de perto seus problemas, que não eram expostos por estarem escondidos atrás das máscaras sociais.

Um roteiro como esse precisa de uma direção bastante firme para dar certo. Não é o que encontramos nessa primeira leva de episódios de Sex Education. Os diretores Kate Herron e Ben Taylor acertam o tom na maioria das vezes; entretanto, há cenas de puro desconforto não-intencional. Algumas conversas entre Otis e Jean são o puro horror para quem fica vermelho só de presenciar alguma cena de vergonha alheia. Por sorte, na maioria das vezes a atuação salva o conjunto e, no balanço, a série fica no azul.

sex education netflix serie adolescente terapeuta sexual comedia 4

Méritos totais para Asa Butterfield e Gillian Anderson que interpretam, respectivamente, Otis e sua mãe, Jean. Ele, que é conhecido por ter atuado em sucessos do cinema como “O Menino do Pijama Listrado” e “A Invenção de Hugo Cabret” quando mais jovem, mostra aqui um amadurecimento em seu talento para a atuação.

Seu personagem, Otis, é introspectivo, excelente ouvinte. A comédia está no fato dele ter se tornado o terapeuta sexual da escola sendo que ele próprio é virgem. Otis conta apenas com a experiência que adquiriu ouvindo as consultas e conselhos de sua mãe, Jean, interpretada com brilhantismo por Gillian Anderson.

Apesar de muitas vezes ela parecer estar em um “overacting”, ou seja, exagerando na atuação, na verdade esse é um traço visível de sua personagem que ela faz questão de enfatizar.

Uma série inteligente

A série Netflix Sex Education também conta com a ajuda de excelentes coadjuvantes: no decorrer dos oito episódios, eles vão mostrando seus problemas pessoais que vão contra a imagem que eles passam no colégio. O jovem gay que não é aceito pelo pai, o rapaz famoso na escola que tem problemas com seu corpo, e assim por diante. Vamos conhecendo essas pessoas aos poucos e Otis tenta, de sua maneira, ajudá-las enquanto procura um rumo para a sua própria vida.

sex education netflix serie adolescente terapeuta sexual comedia 3Com isso, Sex Education se torna um excelente passatempo, mas que também faz refletir e pensar sobre nossas próprias condutas. A comédia às vezes pode parecer muito obscura, calcada na vergonha alheia e no choque entre uma conduta desavergonhada (no caso da mãe) com outra comedida e tímida (no caso do filho).

Só que esses são problemas pontuais, de direção mesmo. No geral, a série é inteligente, interessante e que nos faz torcer pela sorte de seus personagens, mesmo se tratando de um mundo adolescente que pode estar longe de muitos espectadores.

Caso você já tenha assistido, recomendamos o post de análise das questões dos personagens de Sex Education. É um artigo que debate com maiores detalhes do que esta resenha.

Você também pode se interessar pelo artigo: Bullying: por que nos ofendemos com comparações. E também pelos originais Netflix a seguir: Go! Viva do Seu Jeito, Alexa e KatieDerry GirlsO Último GuardiãoGarota de Fora.

Entenda o efeito da Suspensão de Descrença, e saiba como isso afeta a forma como você assiste aos filmes e séries!

Trailer e informações da série adolescente Sex Education Netflix

Sinopse 1: Sexo. os adolescentes não pensam em outra coisa. E este moleque é o mais improvável especialista em toda a escola.

Sinopse 2: O inseguro Otis manja tudo quando o negócio é aconselhamento sexual, graças à sua mãe sexóloga. E aí a rebelde Maeve propõe criar uma clínica de terapia sexual na escola.

Duração dos episódios: aproximadamente 50 minutos;

Classificação etária: 16 anos;

Ano de lançamento: 2018;

Gênero: Drama adolescente, Comédia irreverente;

Sex Education Netflix: Resenha da série sobre as mazelas da adolescência
Sex Education é uma série que pode parecer esquisita no início, mas basta uns dois episódios para embalarmos em uma trama adolescente muito interessante.
Editor's Rating:
5

Seguidores no Facebook Ads a 2 centavos? Imagine 10.000 curtidores por R$ 200. Aprenda a conseguir seguidores baratos nesse artigo tutorial GRÁTIS.

Mais Artigos

Sobre o Autor

Eventualmente temos correspondentes variados em nosso blog, que são os "convidados". Trata-se de artigos escritos por diferentes pessoas, todos feitos especialmente para o Interprete-Me (conteúdos originais).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.