Longas e Curta-metragens

The Final Table Netflix – Que Vença o Melhor: Resenha do reality gastronômico

Competições gastronômicas como The Final Table Netflix- Que Vença o Melhor podem ser vistas em todos os lugares. Até mesmo no catálogo da Netflix existem algumas temporadas de programas com essa mesma temática, que faz sucesso na TV aberta através do “Masterchef”, que encanta o público com a mistura de adrenalina com boa comida.

Entretanto, nesta nova série que entra para o catálogo da Netflix, essa junção do entretenimento com a gastronomia parece dar mais certo (assista aqui).

Não que ela tenha grandes diferenças com as outras competições do tipo que estão disponíveis por aí. O maior atrativo está na forma: em cada episódio, os participantes precisam reproduzir – quando não, recriar – a culinária de um país diferente. São nove nações que estão representadas em The Final Table – Que Vença o Melhor, e cuja complexidade deixa os cozinheiros de cabelos em pé.

Nem sempre aquilo que parece fácil é realmente fácil. Quem se diverte com isso somos nós, o público.

Corrida contra o tempo

Em The Final Table – Que Vença o Melhor, um time de cozinheiros precisa enfrentar o relógio e suas próprias dificuldades para conseguir terminar as provas temáticas. Cada um deles tem um motivo para participar do jogo, e em cada episódio conhecemos a história de um jogador diferente.

Desde a aclamação de público até o desejo de melhorar de vida, os participantes se habilitam a reproduzir pratos dos quais, muitas vezes, eles nunca ouviram falar. Com o relógio correndo, eles precisam aprender rápido. A corrida contra o tempo é implacável.

O show, apresentado por Andrew Knowlton, força os concorrentes a superarem seus próprios limites e, em muitos casos, irem contra tudo o que aprenderam sobre culinária para conseguir cumprir as provas que são propostas. O reality show é bastante ágil e sempre traz convidados que, por serem entendidos na culinária do país em questão, trazem muita informação em seus julgamentos que nós mesmos podemos usar para aprender mais sobre comidas diferentes.

Um bom exemplo é o episódio dedicado à culinária japonesa. Por mais que seja admirada pelo mundo todo, ela possui muitas peculiaridades que a torna muito difícil de reproduzir. Isso pega os participantes de The Final Table – Que Vença o Melhor de surpresa, e os jurados convidados não aliviam em momento nenhum: apontam as falhas sem piedade. Isso nos faz perceber que ter experiência e formação em culinária não habilita um profissional a reproduzir qualquer tipo de refeição.

Os paladares mais exigentes do planeta

Em The Final Table – Que Vença o Melhor, os chefs precisam agradar os paladares mais exigentes do planeta, e que são entendidos do assunto abordado em cada um dos episódios. E isso, como é de se esperar, não é fácil. Enquanto assistimos, chegamos a ficar com pena dos participantes, tamanha é a correria para conseguir finalizar um prato, e vê-lo ser criticado inteiramente pela banca de jurados.

São profissionais que se submetem a essa competição em nome de um prêmio, mas também em busca de um maior reconhecimento para seus talentos.

Enquanto entretenimento, The Final Table – Que Vença o Melhor é um ótimo programa. Além de nos apresentar a culinária de países distintos, muitos dos quais nós não conhecemos, também diverte com a competição entre chefs já renomados, o que gera uma briga de egos que para nós, que estamos vendo “de fora”, é bastante interessante.

No fim das contas, esse reality show supera seus antecessores, em todos os aspectos.

E, se você gostou desse e quer mais realities gastronômicos, temos umas dicas bem interessantes: Sal, Gordura, Acidez e CalorA Bizarra Confeitaria de Christine McConnellMeatEaterChef’s TableA Pílula MágicaZumbo’s Just Desserts e Dinheiro à Mesa.

Trailer e informações do reality show gastronômico The Final Table Netflix – Que Vença o Melhor

Sinopse 1: Nove países, 24 chefs brilhantes e várias celebridades globais. Bem-vindo a uma nova e disputada competição culinária.

Sinopse 2: Equipes de chefs competem para impressionar os paladares mais exigentes do mundo com pratos de nove países nesta disputa repleta de celebridades.

Ano de lançamento: 2018;

Gênero: Reality show gastronômico;

Compartilhe
Convidado

Este é um artigo enviado por um convidado do site.

Publicado Por