The Rain Netflix – Série pós-apocalíptica Original Netflix

the-rain-serie-original-netflix-capa

Review of:

Reviewed by:
Rating:
4
On 8 maio, 2018
Last modified:2 julho, 2018

Summary:

O recente lançamento original da Netflix, The Rain (veja aqui) tem surpreendido muita gente. Um universo pós apocalíptico que você deseja explorar mais e mais quando começa a assistir.

O medo se instala depois de uma chuva que propaga um vírus mortal de ação quase instantânea. A partir daí, a água é tratada com muito medo.

 

O que me levou a assistir The Rain na Netflix?

De início, The Rain me chamou a atenção pelo fato de ser uma tensão com relação à chuva. Problematizar a água (que é o que mais precisamos na vida) foi bem interessante. Por fim, a outra coisa que me fez querer assistir a série foi o titulo provocativo do trailer: “Não molhe”.

the-rain-serie-original-netflix-morte-pos-apocaliptico

 

Os primeiros 5 minutos já foram interessantes, ou eu precisei persistir para continuar?

Sim. Pelo menos pra mim, assistí-lo foi algo fluido, bastante interessante e sem um pingo de vontade de parar. A mente ficava explorando imaginativamente o que os personagens não mostravam.

 

O que achei da atuação/dublagem?

Nada me incomodou.

 

O que MAIS gostei na série The Rain?

Sem dúvida nenhuma o episódio de numero 5, “Tenha fé”. Depois de 4 episódios mostrando a dureza e frieza do atual mundo, surge um intenso conforto que chega a parecer macabro. Tudo se torna intrigante e angustiante, e a mente começa a desconfiar de tudo e brota até uma raiva inquietante.

Seria uma seita? O que estão escondendo? Por que toda a água deles é segura? Essas e outras perguntas surgem na mente ao assistir o quinto episódio da série original Netflix, The Rain.

Outra coisa que gostei é que muitas das perguntas levantadas foram respondidas direta ou indiretamente.

the-rain-serie-original-netflix-seita-pos-apocaliptico

 

 

O que MENOS gostei em The Rain?

A quantidade pequena de episódios. The Rain tem apenas 8. Alguns detalhes não pareciam tão plausíveis com relação a banhos e tratamento da água. Sei que tinham uma tecnologia bem à frente da atual, porém e o povo que viveu 6 anos fora, quando tomavam banho? Se o simples toque da água era suficiente para causar a transmissão, então por que não a superfícies de plantas? Alguns pequenos detalhes que talvez fossem resolvidos pela tecnologia acabam deixando um pouco inquietante.

 

Se eu pudesse resumir a série em 3 palavras, elas seriam…

Desolação, Desconfiança, Controle.

 

Sem dar spoilers, esta série falou (principalmente) de quê?

Controle e ambição. O constante instinto de ser Deus e poder mandar no mundo.

 

Número de estrelas (de 1 a 5), e o motivo

Eu dou 5 estrelas, pois mesmo que tenha sido breve, conseguiu ser satisfatória.

 

Assistiria novamente?

Sim! Fica a recomendação: para quem gostou de The Walking Dead, talvez goste desta série que parece ser mais plausível que a existência de zumbis. Deixe um comentário e compartilhe conosco o que achou desta série.

Posts que você pode ser interessar

Sobre o Autor

Administrador do blog Interprete-me, Jerry D. Blodgett tem paixão pela literatura subjetiva e os estudos da filosofia e psicologia. Sempre que possível, faz pontes entre a reflexão interior e o entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *