Unbreakable Kimmy Schmidt Netflix: Resenha da 4ª e última temporada

unbreakable kimmy schmidt netflix serie comedia drama

Unbreakable Kimmy Schmidt é uma das mais populares séries da Netflix, e que teria lugar cativo para mais renovações através dos tempos. Séries medianas como “The Ranch” estão sendo sistematicamente renovadas ano após ano, afinal.

Entretanto, por algum motivo inexplicável, Unbreakable acabou sendo cancelada. Uma pena para nós, espectadores. Ficaremos privados daquela que, sem dúvida, está entre os principais seriados mais engraçados e inteligentes que já passaram pela plataforma (assista aqui).

Para a quarta e última temporada, a Netflix foi esperta. Dividiu os episódios em duas partes. A primeira estreou no ano passado, fazendo um enorme barulho. E agora, finalmente, chega a segunda parte. É triste ter que se despedir de Unbreakable Kimmy Schmidt.

Ao menos, o final foi digno de aplausos. Os roteiristas e produtores encerraram a produção de uma forma não menos que brilhante.

Finalização de Unbreakable Kimmy Schmidt

O humor tipicamente ácido e agressivo de Tina Fey, roteirista e criadora de Unbreakable Kimmy Schmidt, rola solto nessa última temporada. A segunda parte da quarta leva de episódios continua com as mesmas tiradas, que fazem rir e refletir – sim, pois para quem não percebeu, essa série tem grandes pinceladas de feminismo, causa que Fey apoia em todos os seus trabalhos ultimamente. Se na primeira parte houve um grande foco no movimento #MeToo, aqui ele permanece. É o tipo de roteiro que faz rir tanto por algo ser engraçado quanto por vergonha alheia, que nunca deixa de provocar o espectador.

Para esse último lote de episódios, houve retornos significativos no elenco. Atores que fizeram participações durante as três temporadas anteriores, como Jon Hamm, Lisa Kudrow e outros, retornam ao seus papéis, tanto para finalmente amarrar as pontas soltas na história dos personagens principais como também para homenagear o final dessa série icônica.

Entretanto, é nos personagens principais que a série trata de encaminhar suas melhores sacadas. Em primeiro lugar, é preciso destacar Titus, papel de Tituss Burgess. Se no começo da história de Unbreakable Kimmy Schmidt ele fazia o público rir pelo seu notório comportamento autossuficiente e ególatra, nesse último trecho da série o seu amadurecimento ficou visível. Ainda continua impaciente e auto-centrado, mas trilhou um enorme caminho até chegar ao ponto em que ele procura (ao menos tentar) ouvir as pessoas ao seu redor.

Outra que encontra aqui um final de arco dramático interessante é a própria protagonista, Kimmy, interpretada pela Ellie Kemper. Seu bom humor e alegria, características principais desde o começo do seriado, se mantiveram nos episódios finais, mesmo que alguma coisa tenha mudado em sua percepção de vida. Ela parece mais madura. E isso é ótimo.

Adeus

Unbreakable Kimmy Schmidt, portanto, encontra em seus capítulos finais o amadurecimento dos personagens e dos temas que tanto perseguiu em suas temporadas. Méritos totais a Tina Fey e Robert Carlock, que criaram a série e tanto nos fizeram rir e refletir sobre questões de escolhas pessoais, sobre a sociedade como um todo e como ela trata as pessoas que não se encaixam, de alguma forma, “dentro do esquema” (a respeito disso, recomendamos a análise sobre Sex Education – apesar da temática diferente, o artigo em questão fala um pouco sobre os rótulos que a sociedade impõe).

Os personagens adoráveis, de quem tanto vamos sentir falta, encontraram aqui um final digno e que pode até gerar lágrimas em muitas pessoas, mas que na grande maioria vai suscitar risadas, como tem sido feito desde o começo. Este é um adeus dolorido, como se uma tia divertida fosse embora e não convivesse mais com a gente – mas de quem é sempre possível matar as saudades visitando as boas lembranças que deixou. O catálogo da Netflix está aí para isso.

E, para ajudar na ressaca pós Unbreakable Kimmy Schmidt, recomendamos as séries Grace and FrankieAmigos da FaculdadeAlexa e KatieDá Licença, Saúde.

Entenda o efeito da Suspensão de Descrença, e saiba como isso afeta a forma como você assiste aos filmes e séries!

Outras informações da série Unbreakable Kimmy Schmidt Netflix

Sinopse: Resgatada de um culto apocalíptico, Kimmy se muda para Nova York, onde sua energia e pensamentos positivos colidem com um mundo que ela achava que nem existia mais.

Duração dos episódios: aproximadamente 25 minutos;

Classificação etária: 12 anos;

Gênero: Comédia;

Unbreakable Kimmy Schmidt Netflix: Resenha da 4ª e última temporada

Unbreakable Kimmy Schmidt é uma das mais populares séries da Netflix, e que teria lugar cativo para mais renovações através dos tempos. Leia mais.

Editor's Rating:
5

Mais Artigos

Sobre o Autor

Eventualmente temos correspondentes variados em nosso blog, que são os "convidados". Trata-se de artigos escritos por diferentes pessoas, todos feitos especialmente para o Interprete-Me (conteúdos originais).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.