Você Netflix: Resenha da série sobre relacionamento obsessivo

voce netflix serie stalker capa

A série Netflix Você é uma produção do tipo “ame ou odeie”. Não há como ter um meio-termo. A série, feita pela Lifetime e que chega agora ao catálogo da Netflix, oferece uma história que fascina ao mesmo tempo em que choca e desperta sentimentos de nojo e repulsa no espectador. Tudo por causa de um homem que, obcecado em conquistar uma garota que conheceu em seu trabalho, se torna capaz de qualquer coisa (assista aqui).

voce netflix serie stalker possessivo obsessao 01O risco nesse tipo de trabalho é cair na armadilha da romantização do homem obcecado. Existe, obviamente, quem ache isso um ato de amor, o que evidentemente é errado. Torcer pelo sujeito que protagoniza essa história diz muito sobre qual tipo de pessoa você é: se você acha que ele deveria conquistar o coração da garota, com suas atitudes invasivas, é preciso dizer: isso está errado. A série Você tem o estilo de suspense, que mantém os sentidos do espectador sempre alertas para o iminente risco que a personagem feminina corre ao estar na mira de um maníaco.

Enxergar romance nisso é um tanto quanto problemático. E esse é o maior ponto de reflexão do seriado.

Fuja do stalker

Você da Netflix é baseada um livro escrito por Caroline Kepnes, e possui dez episódios em sua primeira temporada. Acompanhamos a rotina de Joe, um funcionário de uma loja de livros que, um dia, atende a uma garota que chama sua atenção. A partir desse “amor à primeira vista”, acompanhamos todas as suas tentativas de aproximação, até que finalmente ele consegue se tornar íntimo de Guinevere Beck, com quem ele inicia um relacionamento à base de ciúme e paranoia. É claro que esse comportamento começa a afetar a vida dos dois. O que move a série é: será que ela vai perceber que está em companhia de um stalker doentio?

voce netflix serie stalker possessivo obsessao 02Um grande acerto da série Você é usar a narração para nos deixar saber o que Joe está pensando. Vemos uma cena normal, em que os dois estão juntos – e isso seria corriqueiro, não fosse o fato de estarmos ouvindo os pensamentos do sujeito, que variam entre o absurdo e o criminoso. Fica claro, desde o começo, que Joe é um doente compulsivo, mas suas ações para conquistar Guinevere são transformadas em atitudes românticas. Se não houvesse a narração que nos revela o que está passando em sua cabeça nesses momentos, essa série poderia ser enquadrada no gênero romance. Entretanto, à medida em que o relacionamento dos dois se aprofunda e as manias de Joe vão migrando de sua mente para a realidade, notamos o verdadeiro perigo que ela corre nas mãos dele.

Nada disso seria possível em Você, porém, sem uma dupla de atores que convencesse. A escalação de Penn Badgley e Elizabeth Lail foi um achado. Os dois arrasam em seus papéis: ela transmite a inocência e a doçura de sua personagem com muita competência, e também se dá muito bem nos momentos de suspense que surgem ao perceber com quem está lidando. Já ele, temos que admitir, é o destaque da série. Joe é um cara perturbado, com uma ideia completamente equivocada do que é o amor e um relacionamento, e por mais que suas ações no começo sejam vistas como corretas, nós sabemos que seu sentimento nada mais é do que uma obsessão. Isso é muito bem passado, principalmente da metade da produção em diante, pelo ator que o interpreta.

Uma proposta diferente

A série Você, portanto, tem uma proposta diferente do que se vê por aí. Em vez de mostrar uma história de amor, o que vemos é o desenrolar de uma perversão, de um desvio comportamental de um sujeito que, provavelmente, nem faça ideia da doença que tem.

voce netflix serie stalker possessivo obsessao 03Seus pensamentos em torno das atitudes de Guinevere são completamente desvirtuados (como nas cenas em que eles nem se conhecem ainda, ele ficar imaginando que tudo que ela fez é para chamar a atenção dele). É um mergulho na mente de um psicopata, e o senso de perigo que Guinevere corre é sentido por nós, espectadores.

Vai haver quem ache que as atitudes de Joe são de alguém apaixonado. Vai haver quem romantize isso, é claro. Por isso há quem vá amar ou vá odiar o seriado (ou talvez até goste da série, mas pegue repulsa pelo personagem). O fato é que poucas vezes a mente de um stalker foi tão bem demonstrada como nessa produção – que não era original da Netflix, mas já garantiu uma segunda temporada produzida pela empresa. Isso mostra que o apelo que a história tem com o público é real.

A série Você é um suspense competente e intrigante, que faz um passeio por uma mente doente.

O livro de onde foi baseada a série Você

voce netflix livro caroline kepnes livro capaSe a série tem a capacidade de ser perturbadora, o livro então é de arrebentar. Como sabemos, a capacidade da literatura de adentrar os personagens supera, e muito, a das produções televisivas.

Recomendamos que dê uma checada no livro, dentro do site da amazon, para ver não apenas a sinopse, mas também os comentários dos leitores que já tiveram a oportunidade de dar uma lida nesta obra de Caroline Kepnes (com tradução de Alexandre Martins).

Acesso o link abaixo, e boa leitura!

Veja o livro na Amazon!

Você também pode se interessar por O AutorBird BoxCam, Noite de Lobos e Batalhas.

Trailer e informações da série Netflix Você

Sinopse 1: O cara conhece uma garota. O cara se apaixona. O cara fica obcecado. Até onde ele será capaz de ir para conquistá-la?

Sinopse 2: Obcecado por uma aspirante a escritora, um charmoso gerente de livraria lança mão de medidas extremas para entrar na vida dela.

Duração dos episódios: aproximadamente 45 minutos;

Classificação etária: 16 anos;

Ano de lançamento: 2018;

Gênero: Suspense, Romance;

Você Netflix: Resenha da série sobre relacionamento obsessivo
A série Você é o tipo de produção que ou amamos ou odiamos. A narração é bem feita, e nos coloca dentro da cabeça de um stalker doentio. Saiba mais aqui.
Editor's Rating:
4

Seguidores no Facebook Ads a 2 centavos? Imagine 10.000 curtidores por R$ 200. Aprenda a conseguir seguidores baratos nesse artigo tutorial GRÁTIS.

Mais Artigos

Sobre o Autor

Eventualmente temos correspondentes variados em nosso blog, que são os "convidados". Trata-se de artigos escritos por diferentes pessoas, todos feitos especialmente para o Interprete-Me (conteúdos originais).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.